Algo deu errado com a conexão!

Técnico José Roberto sobre Tandara: quase impossível de ser marcada

 Extra!
Técnico José Roberto sobre Tandara: quase impossível de ser marcada
março 14
22:28 2018

O técnico José Roberto Guimarães resumiu a qualidade técnica da oposto Tandara, principal nome do Vôlei Nestlé e que no domingo fez 3 a 1 no Hinode Barueri, partida de ida das quartas de final da Superliga: ela é quase impossível de ser marcada.

Certo, que temporada está fazendo a braçuda Tandara, não apenas por ser a maior pontuadora do brasileiro mas por estar mesmo jogando muito bem em todo rodízio da quadra.

[wp_ad_camp_1]

No duelo no Liberatão de Osasco ela cravou 30 pontos com direito a um de bloqueio e outro de ace. No mais, tem uma movimentação feroz e visão de jogo que complica a vida de quem está do outro lado da rede.

Por isso o técnico do Hinode Barueri destaca a dificuldade de marcação. A braçuda do Nestlé sabe disfarçar os movimentos, sabe fintar a marcação e improvisar na hora de desferir a bomba.

 

A braçuda Tandara

Tandara é uma atleta fora de série, de longe o grande referencial do Nestlé na vitória de domingo. Sim, se de um lado a braçuda é tudo isso, por outro lado essa grandeza força uma perguntinha básica: como ficaria o time de Osasco sem Tandara?

Reforçando: os 30 pontos dela expõem a supremacia da jogadora sobre as colegas do time; além disso, esses 30 pontos foram mais que fundamentais para a vitória osasquense.

É só contar: Osasco venceu o 1º set por 25 a 23, deu HB no 2º por 30 a 28, com 28 a 26 para o time da casa na terceira parcial; e no 4º set o Nestlé fechou o pacote com 25 a 17.

Somando as quatro parciais o time osasquense conta 106 pontos no jogo, para 96 do HB – essa contagem inclui os erros adversários e as bolas perdidas.

Em termos de pontos por jogadadoras o Nestlé fez 84 e isso valoriza sobremaneira a braçuda do time com os 30 pontos individuais. Ou seja, ela responde por quase metade do que a equipe produz.

 

Ela é quase meio time

Isso significa que se Tandara não joga o ataque fica reduzido a essa proporção. É uma jogadora que faz a diferença e que deve seguir carregando o piano para o time de Osasco na partida de volta.

Agora é Hinode Barueri x Vôlei Nestlé, sábado às 19h no ginásio José Corrêa. Lembrando, se o time da casa devolver a derrota e o playoff ficar com uma vitória para cada, então rola a terceira e decisiva partida, já acertada para o dia 20 no reduto osasquense, o Liberatão de Presidente Altino.

 

1ª rodada do playoff das quartas de final

Vôlei Nestlé 3 x 1 Hinode Barueri
Vôlei Bauru 1 x 3 Praia Clube
Pinheiros 2 x 3 Sesc Rio
Fluminense 0 x 3 Camponesa Minas

 

2ª rodada

6ª feira, 16
19h
Praia Clube x Vôlei Bauru
21h30
Sesc Rio x Pinheiros
sábado
15h
Camponesa Minas x Fluminense
19h
Hinode Barueri x Vôlei Nestlé

Compartilhar

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

marciosilvio@qgnoticias.com

%d blogueiros gostam disto: