16.5 C
Osasco
20/05/2019
QG Notícias | Base segura de informação e conteúdo
Esporte Home

SÓ JOGAÇOS: nas semifinais a Superliga é outro papo

Praia x Nestlé na semifinal da Superliga

Nessa sexta-feira a Superliga manda a 1ª rodada das semifinais, série em melhor de cinco e que promete temperatura altíssima. E o torcedor tem só jogaços, começando com Praia Clube x Vôlei Nestlé, em Uberlândia.

Parada duríssima para Osasco por enfrentar o favoritismo da casa, no entanto, como todo mundo diz que as semifinais são outro papo, então o Nestlé está no páreo.

Pode-se dizer que o Nestlé é zebra? Certo, na 1ª fase deu o time mineiro sobre o paulista e isso pesa: primeiro foi em Uberlândia com 3 a 1, depois calou o Liberatão com 3 a 0.

Sim, tem uma vitória do Nestlé mas fora da Superliga – valendo o título da Copa Brasil se enfrentaram em Campinas e as osasquenses meteram 3 a 0.

Na 1ª fase o time osasquense foi instável e por isso terminou em 4º lugar, mas nas quartas de final mostrou mais conjunto e qualidade individual. Já o Praia vem jogando ajustado não é de agora e com vantagem nos principais fundamentos.

 

Semifinal entre Nestlé e Praia

Paulo Coco é o treinador do Praia e preocupado com a jogadora que ele vê como uma das melhores do mundo, Tandara. Mas ele também elogiou o bloqueio da central Bia. E finaliza: “Temos que concentrar no nosso jogo e no sistema defensivo.”

E a braçuda do Nestlé? Para Tandara não há mistério nesse confronto. A atacante até tira uma ondinha: “O Praia também era favorito na final da Copa Brasil e nós vencemos.”

Por outro lado, essa atuação monstro da oposta de Osasco acaba sendo o caminho que o Praia vê para dominar a rede: as mineiras conversam e concordam que se Tandara for anulada não tem Nestlé.

A braçuda não aceita isso e aponta para aquela final da Copa Brasil, dizendo que a vitória sobre o Praia não foi de uma jogadora só mas de um conjunto muito disciplinado taticamente.

 

Outro jogão

O Camponesa Minas recebe o Sesc Rio em Belo Horizonte e com quatro jogos na temporada – duas vitórias para as cariocas, Supercopa e turno do nacional; duas para as mineiras, Sul-americano e returno da Superliga.

Na defesa do Praia tem a líbero Léia: “Sabemos que o Sesc é forte mas estamos bem preparadas”. De líbero para líbero, a do Rio é Fabi: “Esperamos uma série bem equilibrada.”

E a série semifinal é de cinco jogos, as quarta e quinta rodadas só acontecem em caso de vitórias alternadas. Agora, que tal a central e a oposta do Nestlé sobre o jogão?

 

Central Bia

Na semifinal o Praia tem a vantagem do mando de jogo. Vamos jogar contra uma equipe que só perdeu um jogo na Superliga. É o time a ser batido. Reconhecemos o tamanho do desafio mas temos consciência que podemos vencer.

 

Braçuda Tandara

O Praia tem feito uma grande Superliga. Mas também era favorito na final da Copa Brasil, nós vencemos e como equipe, com todas se doando ao máximo e jogando com consciência tática.

 

A ‘novata’ Camila Brait

Ausente do Nestlé para ser mamãe, a líbero retornou na última partida das quartas de final contra Barueri. Sabendo que ainda está abaixo da alta performance, diz que vem se recuperando bem.

“Estou feliz com esse retorno. A cada dia percebo uma evolução grande. Faz três semanas que estou treinando com o grupo e um mês com bola. E quero ajudar como puder. Entrar para fazer o fundo de quadra quando for necessário”, comentou.

Camila Brait entrou o 3º set contra o Hinode Barueri, disse que a sensação foi tipo de estreante mas muito motivador após todo esse tempo longe.

Uma das mais antigas no elenco do Nestlé, já passando de uma década com a camisa do vôlei osasquense e, portanto, considerada xodozinho da torcida, muito mimada nas arquibancadas.

E por falar em arquibancadas, o torcedor sabe da vantagem do mando de quadra do Praia e, portanto, fica naquela de contar com a superação das meninas para que, no pior dos resultados, role o quarto jogo em Osasco.

E a preocupação da torcida vale porque o primeiro jogo é na casa das mineiras; salvo vitória do Nestlé em Uberlândia, toda pressão do mundo na partida de volta em Osasco e com o tira-teima na 3ª rodada. Rolando a quarta partida volta a ser no Liberatão e, em caso do quinto jogo, na casa do Praia.

 

1ª rodada semifinal

SEXTA-FEIRA, 23

19h em Uberlândia: Praia Clube x Vôlei Nestlé
21h30 em Belo Horizonte: Camponesa Minas x Sesc Rio

2ª rodada

DIA 26
19h em Osasco: Vôlei Nestlé x Praia Clube
21h30 no Jeunesse: Sesc Rio x Camponesa Minas

3ª rodada

DIA 30
21h30 em Uberlândia: Praia Clube x Vôlei Nestlé
DIA 31
15h no Jeunesse: Sesc Rio x Camponesa Minas

4ª rodada – se necessário

2 DE ABRIL
21h30 no Liberatão: Vôlei Nestlé x Praia Clube
DIA 3
19h em Belo Horizonte: Camponesa Minas x Sesc Rio

5ª rodada – se necessário

6 DE ABRIL
19h em Uberlândia: Praia Clube x Vôlei Nestlé
21h30 no Jeunesse: Sesc Rio x Camponesa Minas

Related posts

Veterano camisa 10 do Taboão estreia como técnico na Copa São Paulo

Marcio Silvio

PRINCE: mais uma perda da música pop

Marcio Silvio

BARUERI: risco Furlan coloca Oeste e o projeto série A 2018 em xeque

Marcio Silvio