Algo deu errado com a conexão!

PM de Osasco é condenado a 119 anos por chacina com 17 mortes ocorrida em 2015

PM de Osasco é condenado a 119 anos por chacina com 17 mortes ocorrida em 2015
março 03
11:54 2018

O policial militar Victor Cristilder Silva dos Santos, de 32 anos, foi condenado nesta sexta-feira (2) a 119 anos, 4 meses e 4 dias de prisão por envolvimento na chacina de Osasco, a maior do estado de São Paulo. A defesa informou que vai recorrer.

A decisão foi anunciada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo no quarto dia de júri popular no Fórum de Osasco. O PM é o quarto e último agente julgado por envolvimento na chacina que teve o assassinato de 17 pessoas e a tentativa de matar outras 7 em 13 de agosto de 2015 em Osasco e Barueri, cidades da Grande São Paulo.

A condenação foi por 4 votos a 3. O réu já estava preso preventivamente e não poderá recorrer em liberdade.

Cristilder, que é conhecido como Boy, sempre negou o crime, segundo seu advogado, João Carlos Campanini.

Ele também deverá ser submetido a outro julgamento por um crime cometido em Carapicuíba, na Grande São Paulo. O policial havia sido absolvido da acusação de envolvimento no homicídio e na ocultação do cadáver de Michael Amaral Ribeiro, em agosto 2015 em Carapicuíba.

No entanto, ele teve a sentença reformada pelo Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo e agora será levado a outro júri popular em Carapicuíba, em data a ser definida. (Conteúdo G1)

Compartilhar

Sobre o Autor

Nilson Martins

Nilson Martins

nilsonmartins@qgnoticias.com

%d blogueiros gostam disto: