Pelo que jogou no Audax, zagueira Antônia no time dos sonhos da CBF

 Extra!
Pelo que jogou no Audax, zagueira Antônia no time dos sonhos da CBF
dezembro 04
21:31 2018

A zagueira Antônia Silva conquista o bicampeonato nesse quesito. No ano passado e quando era da Ponte Preta, foi ao pódio da Confederação Brasileira de Futebol como melhor zagueira 2017; ontem ela repetiu o feito, dessa vez pelo que fez defendendo o Audax de Osasco.

Toninha é da seleção brasileira e foi do Iranduba na recente Copa Libertadores, ficando com o terceiro lugar. Ela tem mais esse prêmio por atuar bem nas 13 das 14 rodadas do Audax no Brasileiro.

O time de Osasco foi eliminado já 1ª fase, mas o futebol de Antônia não passou batido e o reconhecimento está aí. “A sensação é muito gratificante. A gente trabalha o ano inteiro pra poder conquistar alguma coisa. Infelizmente com o clube não foi de grandes títulos, mas esse prêmio individual veio pra coroar o ano”, comentou.

Antônia formou aquele Audax campeão da Libertadores em 2017 e jogando como Corinthians. Neste ano, após disputar o Paulista e o Brasileiro a diretoria osasquense desmanchou a equipe feminina e a zagueira assinou com o Iranduba para a Libertadores.

A cada final de temporada a CBF tem essa cerimônia de gala para premiar os melhores de cada posição no futebol masculino e feminino.

 

Meninas dos sonhos

– goleira Bárbara, Kindermann
– lateral Maurine, Santos
– lateral Yasmim, Corinthians
– zagueira Taya, Santos
– zagueira Antônia, Audax
– meia Brena, Santos
– meia Gabi Zanorri, Corinthians
– meia Adriana Leal, Corinthians
– volante Djenifer, Iranduba
– atacante Dany Helena, Flamengo
– atacante Letícia Lelê, Rio Preto

 

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

marciosilvio@qgnoticias.com

Artigos Relacionados

Check Page Rank