QG Notícias | Base segura de informação e conteúdo

Osasquense Cristiane está de volta à seleção para Copa América

 Extra!
Osasquense Cristiane está de volta à seleção para Copa América
março 28
18:57 2018

O trio volta à seleção Brasileira com Marta, Formiga e a osasquense Cristiane. Isso mesmo, a artilheira do Brasil reconsidera e retorna à camisa 11 que a consagrou.

Cristiane se apresenta ao técnico Vadão para a Copa América. A maior parte das convocadas já treinava na Granja Comary, sendo que a osasquense chega agora por atuar no exterior.

Agora a lista da seleção é definitiva e o treinador deixa de convocar três que estavam ajustadas – todas lesionadas: a zagueira Bruna Benites, a lateral Fabiana e a atacante Ludmila.

A Copa América do Chile larga no início de abril e o Brasil estreia dia 5 contra a Argentina pelo grupo B. Destaque na formação é que a grande maioria das jogadoras é de fora.

Com exceção das três goleiras e de duas atacantes, todas as outras convocadas atuam no futebol estrangeiro. Portanto, são 5 locais por 17.

Ainda sobre a Copa América, além da Argentina o Brasil enfrenta Equador, Venezuela e Bolívia; no grupo B estão Chile, Paraguai, Uruguai e Peru.

A 1ª fase começa em 4 de abril e vai até o dia 13 na capital Santiago; a fase final da Copa América será entre 16 e 22 de abril, sendo que as finalistas vão para a Copa do Mundo 2019, na França.

 

O Brasil na 1ª fase

1ª RODADA
5 de abril
Brasil x Argentina
2ª RODADA
dia 7
Brasil x Equador
3ª RODADA
dia 11
Brasil x Venezuela
4ª RODADA
dia 13
Brasil x Bolívia

 

Por que Cristiane deixou a seleção?

Cristiane volta à seleção

Em setembro do ano passado a Confederação Brasileira de Futebol decidiu pela demissão da técnica Emily Lima. Isso gerou importante revolta e algumas jogadoras posicionaram-se frontalmente contra.

Cristiane foi a primeira a postar vídeo de protesto e anunciando aposentadoria da seleção. Jogadora do chinês Changchum Zhuoyue, a atacante de 32 anos dizia que a CBF cometia injustiça e que não aceitava o destrato à técnica.

Rosana seguiu a companheira e também se pronunciou contra. Entre várias críticas, igualmente pendurava a camisa amarela em protesto. E foram cinco jogadoras que trabalharam com Emily Lima, todas dizendo adeus.

Mas assim que reassumiu o comando da seleção, uma das primeiras ações de Vadão foi fazer contato com a artilheira do Brasil. Antes do fim do ano ele dizia que já havia conversado com Cristiane; e quando ela curtiu férias por aqui, tinha reunião agendada com o técnico.

 

A seleção

Goleiras
Bárbara – Kindermann
Aline – CBF
Letícia Izidoro – Corinthians

Laterais
Rilany – Grindavik (Islândia)
Poliana – Orlando Pride (EUA)
Tamires – Fortuna Hjorring (Dinamarca)

Zagueiras
Mônica – Orlando Pride (EUA)
Rafaelle – Changchun FC (China)
Erika – Paris Saint-Germain (França)
Daiane – Avaldsnes (Noruega)

Meio-campo
Andressinha – Portland Thorns FC (EUA)
Formiga – Paris Saint-Germain (França)
Andressa Alves – Barcelona (Espanha)
Thaisa – Sky Blue (USA)
Aline Milene – Baylor University (EUA)

Atacantes
Millene Karine – Corinthians
Raquel – Ferroviária
Thaís – Hyundai Steel Red Angels WFC (Coreia do Sul)
Bia Zaneratto – Hyundai Steel Red Angels WFC (Coreia do Sul)
Marta – Orlando Pride (EUA)
Cristiane – Changchun FC (China)
Débora – North Carolina Courage (EUA)

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

marciosilvio@qgnoticias.com