Algo deu errado com a conexão!

Osasco Vôlei pode ser Bradesco

 Extra!
Osasco Vôlei pode ser Bradesco
abril 19
17:20 2018

Como foi antecipado primeiramente pelo QG Notícias, de que em poucos dias o Osasco Vôlei anunciaria patrocinador para o lugar da Nestlé, chega informação que o Bradesco retoma o projeto de alta competição.

Em meado dos anos 90 o vôlei feminino chegou em Osasco com o BCN e que logo foi comprado pelo Bradesco; não demorou para o banco mudar a marca do time para Finasa, projeto té 2009.

Depois o Bradesco sai de cena e Osasco recebe a Nestlé, que por sinal, é uma das principais clientes do banco. Após nove anos de campanha a multinacional se despede e o vôlei osasquense revive aquela apreensão de uma década atrás.

No entanto, ao publicar a partida da Nesté o QG também avisava que dessa vez não pesaria o pânico de 2009 porque a saída do patrocinador vinha sendo negociada desde o ano passado. Portanto, durante toda temporada os acertos seguiram para fechamento com a nova marca.

Quando a Nestlé saiu, o QG teve informação que até o final do mês o novo patrocinador seria anunciado. E isso deve mesmo acontecer, sendo que já há data para apresentação do Bradesco Prime, 2 de maio.

Além dessa data há mais detalhes mas que não cabem agora. O que vale no momento é que o vôlei de Osasco não está na rua como em 2009 e que mantém o alto padrão.

O QG já anunciou de primeira que a oposta Tandara está indo para o vôlei da China, e todo mundo sabe que o Sesc Rio está batendo forte para levar a central Bia.

Mas o torcedor pode ficar tranquilo porque o Bradesco Prime entra pegando forte para contra-atacar e, de quebra, já articulando duas estrangeiras. Sim, o comando geral segue com Luizomar de Moura.

 

NOTINHA
– essa informação parte de dentro do negócio entre Osasco Vôlei, prefeitura e banco; o Bradesco vinha cumprindo a Superliga B e sabendo que jamais poderia brigar pelo acesso por Osasco já ter equipe patrocinada na elite.
– a permanência do banco nessas duas temporadas de Superliga B acabam justificando o investimento, dando a entender que o Bradesco estava apenas no ensaio até assumir novamente o vôlei profissional.
– mas essa ascensão não deve parar com as bases do time, pois são várias categorias menores até a sub 20 que disputa a Superliga B.
– o Finasa se destacou pelo trabalho forte nas bases, projeto que segue com o Bradesco e que, agora retornando ao alto rendimento, deve reforçar ainda mais.

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

marciosilvio@qgnoticias.com

Check Page Rank