MÚSICA DA HORA: tragédia de 104 anos eternizada num romance

 Extra!
MÚSICA DA HORA: tragédia de 104 anos eternizada num romance
abril 15
15:09 2018

Na manhã de 15 de abril de 1912 aquele gigante desaparecia nas profundezas do Atlântico Norte. Partira de Southampton, Inglaterra, quatro dias antes e posando como maior embarcação de passageiros do mundo.

O mito Titanic até hoje levanta investigações. Rumava para Nova Iorque com 2.224 pessoas. Pouco antes da meia-noite bateu num iceberg – noite de domingo. Duas horas depois, madrugada de 15 de abril, era sepultado sob águas geladas.

O sinistro ceifou 1.500 vidas, mas não por falta de aviso. Os dados da marinha registram seis alertas de icebergs e, mesmo assim, eis o Titanic em velocidade quase que total rasgando o Atlântico buscando tempo recorde para aportar no destino.

Quando perecia, o navio levava a bordo mais de mil passageiros e tripulação porque não contava com planejamento de salvamento, já que ao ser batizado fora anunciado como um colosso inaufragável.

De fato, era um monstro da engenharia. Só os motores tinham 12 metros de altura; os cilindros com 2,70m de diâmetro queimavam 610 toneladas de carvão por dia.

Na moeda de agora, para ser um passageiro vip numa das cabines de luxo do Titanic o turista pagaria mais R$100 mil – só de ida.

O navio zarpou pouco depois das 10h de 10 de abril. Logo chegaria em Cherbourg, norte da França, para embarque dos passageiros; a rota seguinte seria em Queenstown (atualmente Cobh), na Irlanda.

 

O filme

Lançado nos Estados Unidos em dezembro de 1997, Titanic chegou ao Brasil em janeiro do ano seguinte e para estourar bilheterias. Com orçamento de US$200 milhões, fechou receita com mais de US$2 bilhões.

Escrito e dirigido por James Cameron, Titanic romantiza aquela tragédia de 1914 e com um final que fazia naufragar olhos das mulheres quando Jack Dawson (Leonardo DiCaprio) vai desaparecendo aos poucos e diante do choro desesperado de Rose DeWitt (Kate Winslet).

No ano passado e comemorando os 20 anos da produção, Cameron teve que se explicar sobre a morte de Jack. O diretor afirmava que não havia jeito algum de o mocinho se salvar naquele mesmo pedaço de madeira que suportava Rose.

Na galeria do Oscar foram 11 estatuetas. Além de melhor filme, Titanic também rendeu prêmio de Melhor Diretor para James Cameron.

 

A música

Composição de James Homer e Will Jennings, Titanic arrebentou na interpretação de Céline Dion. Mais de 30 milhões de cópias vendidas em todo mundo e entre os 200 álbuns no Hall of Fame.

A canção chegou meio que na contramão, pois o diretor queria apenas instrumental. A cantora gravou um demo que então foi levado e, após ouvir e ouvir a música, Cameron aprovou a trilha.

De quebra, na premiação de gala do cinema lá estava Titanic levando estatueta também como Melhor Canção Original; e levaria o Grammy de Melhor Música (para o cinema).

My Heart Will Go On foi lançado em 18 de novembro de 1997 e quando Céline Dion tinha 29 anos. Ela já havia feito tremendo sucesso no A Bela e a Fera (1991), mas nada se compararia à explosão Titanic.

A música fez parte do álbum Let´s Talk About Love e que foi o mais vendido em 1988. A melodia é de James Horner e a letra parte de Will Jennings.

No início seria apenas instrumental, mas após muita discussão que James Cameron decidiu escutar o demo com letra. Outra coisa é que a própria Céline não estava muito ligada na canção. O marido e empresário dela, René Angélil, foi quem forçou a barra para o demo.

O marido da cantora morreu de câncer em 2016. Aliás, a história de amor do casal tem a ver com o romantismo do filme, já que Angélil cuidou da carreira de Dion desde quando ela tinha 12 anos.

Portanto, foram longos e tantos anos de um amor sólido e de muito companheirismo. Atualmente e expandindo a carreira, a cantora atua no mercado de bolsas e acessórios com o nome dela na marca. Atualmente ela tem agenda de shows em Las Vegas e faz cerca de 70 apresentações por ano.

 

Meu Coração continuará

Todas as noites, nos meus sonhos
Eu vejo você, eu sinto você
É assim que eu sei que você continua
Longe, atravessando distâncias
E espaços entre nós
Você tem que mostrar que você continua

Perto, longe, onde quer que você esteja
Eu acredito que meu coração vai continuar
Mais uma vez você abre a porta
E você está aqui no meu coração
E meu coração continuará e continuará

O amor pode nos tocar uma vez
E durar por toda a vida
E nunca ir embora até nós partirmos

Amor foi quando eu te amei
Uma vez de verdade, eu segurei você
Nessa vida nós sempre continuaremos

Perto, longe, onde quer que você esteja
Eu acredito que meu coração vai continuar
Mais uma vez você abre a porta
E você está aqui no meu coração
E meu coração continuará e continuará

Você está aqui, e não há nada que eu tema
E eu sei que meu coração continuará
Nós ficaremos para sempre desse jeito
Você está salvo em meu coração
E meu coração continuará e continuará

 

 

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

marciosilvio@qgnoticias.com

Check Page Rank