16.5 C
Osasco
20/05/2019
QG Notícias | Base segura de informação e conteúdo
Cidades Cultura Home

MÚSICA DA HORA: o Memorial e a América Latina com Dante Ledesma

América Latina na voz de Dante Ledesda

O histórico Oscar Niemeyer assina essa obra espetacular que é o Memorial da América Latina inaugurado nessa data, em 1989. Portanto, caminhando para três décadas.

Esse complexo ocupa mais de 84 mil metros quadrados na Barra Funda. E se o arquiteto famoso responde pelos traços físicos do MAL, o conteúdo do projeto parte do antropólogo Darcy Ribeiro.

 

[wp_ad_camp_1]

 

Tem como destaque o Salão de Atos, a biblioteca e a escultura na Praça Cívica, a mão aberta que também é de Niemeyer; tem ainda o Anexo dos Congressistas.

Ainda sobre a mão, é em vertical com o mapa da América Latina pintado em vermelho na palma e lembrando mancha de sangue.

O Centro Brasileiro de Estudos realiza eventos com a temática, desde promoção da cultura e da arte às discussões quanto aos direitos humanos.

Na tarde de 23 de novembro de 2013 começou incêndio no Auditório Simón Bolívar, o Corpo de Bombeiro travou batalha de 15 horas para vencer as chamas.

 

Memorial: a América Latina num lugar só

O projeto teve início com o governador Franco Montoro em meado dos anos 80. Já com Orestes Quércia, nasceu das mãos de Niemeyer.

Convidado por Niemeyer, o antropólogo Darcy Ribeiro tinha história no governo João Goulart, quando chefe da Casa Civil e cassado pelo regime militar.

Vivendo no exílio por Uruguai, Peru, Venezuela, Chile e México, era o cara da vez no assunto. Assumindo o conteúdo do projeto, Darci Ribeiro agregou toda classe intelectual.

Assim, o Memorial tem a maravilha arquitetônica que aponta para Oscar Niemeyer e o conjunto cultural organizado por Darci Ribeiro.

Começou a ser erguido em outubro de 1987 e ainda destaca-se pela rapidez com que foi construído até a inauguração em 18 de março de 1989.

 

A América Latina na voz de Dante Ledesma

Argentino de Córdoba e no Brasil desde 1978, Dante Ramón Ledesma estabeleceu-se em Canoas, Rio Grande do Sul.

Dante Ledesma é uma das vozes da América Latina. Em 2014 sofreu Acidente Vascular Cerebral, três anos depois seria atração na abertura da Exposição de Tecnologia, em Porto Alegre.

Por conta do AVC o cantor teve o lado esquerdo do corpo paralisado e a voz prejudicada. Também sofreu com diabetes e outros males… sim, voltou a cantar.

Com longa jornada nos palcos, hoje ele se apresenta com o filho Maximiliano Ledesma e o neto Juanito. A canção que segue, ‘América Latina’, é autoria de Fernando Alves e Humberto Zanatta.

 

Related posts

Moleque de Osasco apavora no jiu: Matheus, campeão sul-americano

Marcio Silvio

LAVAJATO: Após revelações de novos nomes, Dilma convoca reunião com ministros

Marcio Silvio

Pênalti livra a cara do Oeste em Barueri, 2 a 2 com o gaúcho Aimoré

Marcio Silvio