15.1 C
Osasco
18/06/2019
QG Notícias | Base segura de informação e conteúdo
Esporte Home

Leyva desembarca, vai para o jogo e aplaude irmã na classificação às semifinais da Liga do Peru

A camisa 12 está de volta ao San Martín, que ontem se classificou às semifinais da Liga Nacional com 3 a 1 sobre o Sporting Cristal. Ángela Leyva desembarcou em Lima pela manhã e à noite estava em quadra para o jogo de volta das quartas de final.

Mas ela não entrou em ação. O técnico Juan Diego Garcia preferiu deixar a atacante no banco e como arma engatilhada para as semifinais.

Angelita foi recebida com muita festa por ser uma celebridade nacional. Cumpriu a temporada da Superliga pelo Vôlei Nestlé e segue na pauta do técnico Luizomar de Moura.

Ela retorna ao Peru cumprindo item do contrato assinado com a equipe de Osasco, mas deve retornar ao Liberatão porque o treinador faz questão dela no ataque.

E quando voltar, Leyva vestirá outra camisa porque a do Nestlé já era. A notícia do momento no vôlei brasileiro é a saída da multinacional após investimento de 9 anos.

O Osasco Vôlei Clube está com patrocinador substituto em negociação, devendo apresentá-lo até o final do mês. E como está liberada de Osasco, a ponteira Angelita volta para casa e para a camisa do festivo San Martín.

No time há outra Leyva e que jogou muito bem. Também ponteira, Leslie é irmã de Ángela e justifica o sobrenome famoso com um vôlei agressivo e forte.

Ela fez 15 pontos, sendo muito aplaudida pela irmã. No banco do San Martín, Ángela curtiu todos os lances e comemorou a performance da irmã.

A atacante Allison Mayfield foi a maior pontuadora com 22 acertos, seguida pela central Alicia Perrin com 19 e por Leyva com 15.

Agora o San Martín se concentra à espera do vencedor de Regatas Lima e Deportivo Alianza para as semifinais e, portanto, já reforçado com Ángela Leyva na ponta.