25.6 C
Osasco
19/06/2019
QG Notícias | Base segura de informação e conteúdo
Esporte Home

Hinode Barueri salta para o 5º lugar e com Kasia Show mais líder que nunca, 193 pontos

Os times clássicos da Superliga contam com as estrelas que merecem todo holofote dado, mas parece que a polonesa Katarzyna Ewa Skowrońska-Dolata não vem recebendo o destaque que merece. E olha que a oposto do Hinode Barueri vem liderando o ranking de pontuação desde o início do nacional.

O nome da polaca tem pronúncia complicada mas ela atende resumidamente por Kasia (fala-se de Kachia). Jogo a jogo a gringa vem justificando a aposta dada pelo técnico José Roberto Guimarães há duas temporadas. Kasia Skow estava fora de jogo e com lesão que colocava em xeque a carreira – ela até chegou a falar em aposentadoria.

Mas não, aceitou o desafio de recuperação em Barueri, história já muito bem contada aqui. E agora a estrela brilha na Superliga como a mão mais perigosa do 1º turno. Ontem o Hinode Barueri fez 3 a 0 no Brasília e a oposta deixou 16 bolas na conta, isolando-se ainda mais na liderança do ranking com 193 pontos em nove jogos – isso indica que a polonesa tem média de quase seis pontos por set.

O torcedor barueriense agradece e reconhece o valor dessa grande jogadora de 35 anos e que vem esbanjando categoria e, no mais, com garra própria de uma novata de 20 aninhos.

Graças ao braço forte da polaca os números do HB guindam o time ao 5º lugar na penúltima rodada do turno da 1ª fase. Sexta-feira agora as meninas de Barueri recebem o São Caetano no Correão e com grandes chances para mais três pontos, já que o Sanca vem mal das mãos – penúltimo colocado, apenas 5 pontos em 11º lugar na zona de rebaixamento.

Com os 17 pontos de agora o HB já cola na grade de cima do nacional – o Sesi Bauru é o 4º colocado com 18 e o Sesc Rio está imediatamente acima com 19 pontos; no topo posam o Minas Tênis com 25 o sempre líder Praia Clube com 27. Portanto, para a rodada de sexta as meninas de Barueri já mandam recado para Bauru e Rio – que estão na captura.

Ainda sobre a vitória de ontem, além da polaca sempre forte na rede com 16 pontos o HB cravou os 3 a 0 com mais 10 pontos de Amandinha, 9 da central Thaísa (que vem mesmo evoluindo) e com Milka e Maira marcando 8 pontos cada; Dani Lins, Lays e Tainara ficaram com 2.

Para fechar, voltando a falar de Skowrońska, cabe abrasileirar para Showronska. A polaca de gelo está mesmo quebrando geral e a Superliga tem ainda todo 2º turno da 1ª fase. E quando ela é questionada sobre a performance até agora, diz num bom português que ainda não está em plena forma e que pode render muito mais. Quem segura essa?

Por fim, com 193 pontos na liderança do nacional ela tem 29 a mais que Ivna Colombo, ponteira do novato Balneário Camboriú com 164; na cola vem a cubana Álvarez Herrera com 161. Sim, mantendo média de cerca de seis pontos por set, a polaca de Barueri dificilmente perderá a liderança.

O Time do Sonho da CBV

A Confederação Brasileira brinca com o imaginário da torcida ao montar o Time do Sonho. Mas os critérios para essa seleção não acolhem as artilheiras da Superliga.

Tanto Herrera como Ivna não aparecem nesse sonho da CBV, menos ainda a líder Kasia Show do Hinode Barueri. O elenco que forma o time tem predominância dos grandes clubes.

Polonesa Kasia, líder absoluta no ranking de pontos da Superliga.