QG Notícias | Base segura de informação e conteúdo

Gigante da economia nacional, Osasco gasta menos de 700 reais na saúde por habitante

 Extra!
Gigante da economia nacional, Osasco gasta menos de 700 reais na saúde por habitante
janeiro 21
15:50 2019

O Conselho Federal de Medicina divulga lista nacional do investimento de capitais e municípios na saúde de cada habitante – contando levantamento de 2017. Os dados avaliam o quanto os prefeitos investem do erário no setor, valor médio em Ações e Serviços Públicos de Saúde conforme o Sistema de Informações sobre os Orçamentos Públicos em Saúde.

Seguindo as estatísticas elementares, o ranking considera municípios com até 100 mil habitantes e os com mais. Há cidades dentro do primeiro grupo e que, ainda assim, estão entre as de investimento baixo na saúde por habitante. Portanto, a relação custo/cidadão é mesmo relativa por depender da gestão política.

Na região, Barueri encabeça como maior investidora municipal com R$2.355,77 por cidadão – população estimada em 267.534 em 2017. Por outro lado, de todas cidades vizinhas é Osasco a que mais brilha na vitrine econômica ostentando o 6º maior PIB nacional e o 2º estadual. No entanto, com população contada em 697.886 no índice de 2017, o investimento próprio da prefeitura fica bem abaixo da ostentação anunciada, R$683,41 por cidadão.

Em Guarulhos, por exemplo, são 1.349.113 habitantes e com a prefeitura investindo R$594,68. Comparando os dois municípios por saldo populacional, Osasco fica bem atrás em termos de cifras mesmo tendo menos habitantes.

Outro exemplo: Ribeirão Preto foi contado com 682.302 habitantes, número aproximado ao de Osasco. O investimento nessa cidade bate R$550,01, valor abaixo do aplicado no município da Grande São Paulo – mas Ribeirão Preto não acompanha Osasco na vitrine do PIB.

Outras cidade podem entrar nessa comparação como Santo André contando 715.231 habitantes para R$505,12; São Bernardo com 827.437 e R$638,25; São José dos Campos com 704.219 e R$703,96 mais Sorocaba com 659.871 e R$586,36.

Barueri já foi citada como líder da região com R$2.355,77 para 267.534 habitantes mas cabe destaque para Santana de Parnaíba com 131.887 para R$1.045,30. E as demais cidades vizinhas? Tem Carapicuíba com 396.587 para R$182,22; Cotia com 237.750 e R$410,77; Embu das Artes com 267.054 e R$388,08; Itapecerica da Serra com 170.927 e R$318,42; Itapevi com 229.502 e R$506,71; Jandira com 121.492 e R$227,62; Taboão da Serra com 279.634 para R$508,60.

NOTINHA
– o leitor pode conferir mais informações sobre esse ranking no site do Conselho Federal de Medicina (portal.cfm.org.br), onde há um link que dá acesso à listagem nacional.

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

marciosilvio@qgnoticias.com

Artigos Relacionados