QG Notícias | Base segura de informação e conteúdo

Envolvidos em investigações da PF, dois irmãos secretários de Furlan pedem pra sair

Envolvidos em investigações da PF, dois irmãos secretários de Furlan pedem pra sair
maio 14
22:15 2018

BARUERI – Celso e Toninho Furlan deixaram nesta segunda (14) as respectivas pastas de que ocupavam; Educação e Suprimentos. Fontes oriundas da prefeitura, de acordo com Barueri na Rede, afirmam que os principais motivos seriam os avanços das investigações feitas semana passada na prefeitura em buscas de provas. De acordo com o veículo o prefeito Rubens Furlan e os irmãos estão sendo investigados pela Polícia Federal na Operação Prato Feito, que apura irregularidades em 30 prefeituras em quatro estados, entre essas Barueri.  A informações que agentes ofereciam dinheiro aos administradores municipais em troca de vantagem em licitações publicas. Um Lobista teria negociado com Furlan nas eleições de 2016 com verbas disponibilizadas em caixa dois  para tirar proveito após posse do prefeito. A empresa beneficiada seria a Editora Melhoramentos para que fosse vencedora da licitação na compra de livros didáticos o que configuraria crime de corrupção. 

Outro esquema semelhante acertado em 2016 seria a compra de medicamentos. As informações constam de relatório enviado à Justiça Federal pela delegada Melisssa Maximino Pastor, da PF, e que faz parte do inquérito policial que vem apurando o caso. O pedido de exoneração de ambos os cargos foi antecipado pois a justiça estaria entrando com medida judicial para o devido afastamento.(Com conteúdo Barueri na Rede)

Celso Furlan – Secretário da Educação

Toninho Furlan – Secretário de Suprimento

Compartilhar

Sobre o Autor

Nilson Martins

Nilson Martins

nilsonmartins@qgnoticias.com

Artigos Relacionados