15.1 C
Osasco
18/06/2019
QG Notícias | Base segura de informação e conteúdo
Esporte Home

Curitiba na elite e Bradesco Osasco em busca do milagre no Moringão

Na bolsa de apostas, toda as fichas estão para o invicto Londrina sobre o Bradesco Osasco, partida de volta do playoff semifinal da Superliga B.

O time paranaense está muito próximo do acesso à elite nacional com a vitória por 3 a 1 no jogo ida, sábado passado no ginásio do Jardim Cipava, zona Sul de Osasco.

Para surpreender o favoritismo total das londrinenses o Bradesco tem que vencer nos sets regulamentares para forçar o Golden Set logo em seguida. Portanto, é missão barra pesada para as meninas do banco, que amanhã pegam o Moringão lotado jogo marcado para as 19h.

Certo, o vôlei do Paraná já tem um garantido na Superliga do ano que vem e deve festejar o segundo, já que só mesmo um apagão nuclear para tirar o Londrina da elite em 2019.

No mais, seria um baita castigo para a equipe se o Bradesco for a zebra da vez. Com uma equipe jogando o fino do vôlei e com um planejamento superprofissional, mais que justo o Londrina se classificar para a final e festejar o acesso – porque trabalhou para isso.

O torcedor de Osasco sabe que a diretoria do banco está na Superliga B mas sem esse objetivo. O máximo a chegar é mesmo na semifinal e, portanto, fecha a temporada dentro do planejado.

 

Londrina em crise na hora da decisão

Como são as coisas! Com uma campanha espetacular e a um passinho para o acesso à elite nacional, turbulência na administração do grande Londrina.

O time vai para o jogo sem técnico. Certo, vai ter alguém no comando mas não será Rogério Portella. Ele vem trabalhando o grupo desde janeiro e coloca o Londrina na boca da Superliga.

Muito diz-que-diz-que nessa história, inclusive sobre suposto problema do treinador com uma das atletas. Quem coordena o Londrina é a ex-Vôlei Nestlé Elisângela Almeida.

Ela afirma que tentou conversar na boa com o treinador e que não teve resposta do outro lado. “Não houve encaixe”, resumiu a dirigente.

Portella chegou a ter um papo sério com o comando do Londrina mas Elisângela diz que o treinador estava resoluto em não ouvir nada. “Nós entramos em um acordo amigável. Seria uma injustiça questioná-lo, até porque só perdemos dois sets até o momento”, completou.

Contra o Bradesco Osasco, alguém da comissão técnica assume o Londrina, interinamente. E o que diz o ex-treinador, que apontou claramente que o conflito foi direto e reto com Elisângela. “Fica esse sentimento de não ter concluído o trabalho… Agora é pensar em outros projetos..”

Ainda sobre Elisângela, é mesmo uma general em termos de liderança, mulher de garra e duro na queda. Ela comanda o Londrina e já com estrutura para o ano que vem – para a elite.

Disse que é preciso mais esse passo para comemorar o acesso mas que tudo já está organizado para 2019, entre os grandes times do País. Nesse quesito, ela já tem os nomes certos para renovar contrato e está fazendo a lista de reforços.

 

 

SEMIFINAIS

1ª RODADA
– dia 23: São José dos Pinhais 1 x 3 Curitiba
– dia 24: Bradesco Osasco 1 x 3 Londrina

2ª RODADA
– ontem: Curitiba 3 x 0 São José dos Pinhais
– sábado, 31
19h no Moringão: Londrina x Bradesco Osasco

 

Parabéns, Curitiba!

 

O Moringão, onde o Londrina busca a segunda vaga contra o Bradesco Osasco.