QG Notícias | Base segura de informação e conteúdo

COB: José Roberto leva o tetra como melhor técnico, tênis e judô dão os Melhores Atletas

 Extra!
COB: José Roberto leva o tetra como melhor técnico, tênis e judô dão os Melhores Atletas
março 29
17:01 2018

A anual festa de gala do Comitê Olímpico do Brasil premiou o técnico da seleção brasileira (e do Hinode Barueri) pela quarta vez. José Roberto Guimarães é tetracampeão como melhor treinador, evento realizado ontem no Rio.

O destaque da premiação fica para os Melhores Atletas de 2017 e esse pódio é formado pelo tênis e pelo judô. Mas foram 51 atletas premiados em diversas modalidades e com os aplausos finais para o tenista Marcelo Melo e para a judoca Mayra Aguiar.

Todos os que foram ao palco tiveram votação de jornalistas, dirigentes, ex-atletas e dirigentes. Quem concorreu direto com Mayra foi Ana Marcela da maratona aquática, e Ana Sátila da canoagem slalom.

Já o tenista Marcelo Melo teve concorrência de Caio Bonfim, do atletismo, e da dupla Evandro/André, do vôlei de praia.

No evento o COB prestou homenagem a Bebeto de Freitas, falecido recentemente, e no discurso ao receber o prêmio pela quarta vez, o técnico José Roberto falou de Bebeto como mentor. Nas homenagens, outro monstro do vôlei, o técnico Bernardinho chorou.

 

Os campeões

Na temporada passada, Mayra foi campeã mundial em Budapeste, Hungria, medalha de ouro que a coloca como a maior colecionadora de pódios do kimono nacional.

Lembrando, em setembro ela foi para a final contra a japonesa Mami Umeki na categoria meio-pesado, e a gaúcha de 27 anos partiu para cima sem medo de ser feliz. De quebra, ela também é medalhista olímpica com dois bronzes, Londres 12 e Rio 16.

E o mineiro Marcelo Melo? Aos 34 anos lidera o ranking mundial de duplas com o polonês Lukasz Kubot. Fechou 2017 com seis títulos, destaque para o de Wimbledon e jogado na grama.

Para fechar o calendário, disputou o ATP Finals em Londres, só com a nata da raquete global e ficou com o vice-campeonato.

 

O QUE TEM A DIZER, MARCELÃO?
O ano passado foi muito especial. Conquistar o torneio de Wimbledon é um sonho pra qualquer tenista e eu terminei o ano como o número um do mundo. Temos muito orgulho de representar nosso país e qualquer competição que você dispute, em qualquer lugar do mundo, sempre tem um brasileiro. Agradeço ao COB e à CBT que me proporcionaram a melhor estrutura possível.

AGORA É COM VOCÊ, MAYRA
Estou muito feliz por receber este prêmio. O início de 2017 foi muito conturbado. Passei por minha quinta cirurgia mas o judô ensina a cair e eu tive que parar. Nada pior para um atleta do que parar de fazer o que ama. E se o judô ensina a cair, também ensina a levantar. E eu me levantei com mais força ainda, conquistando meu segundo título mundial.

 

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

marciosilvio@qgnoticias.com