Algo deu errado com a conexão!

RIO HEROES: lutas clandestinas em Osasco inspiram série da Fox

 Extra!
RIO HEROES: lutas clandestinas em Osasco inspiram série da Fox
fevereiro 23
11:28 2018

Osasco foi a pancadaria da vez no final da década passada e quando o vale-tudo corria solto. Uma academia na avenida dos Autonomistas bombava com lutas transmitidas ao vivo pela internet e arrebentava em apostas nos EUA.

Mas tudo clandestino. Era o Rio Heroes com regras zero como mandava o velho vale-tudo; um empreendimento em ascensão até ser denunciado.

[wp_ad_camp_1]

O Ministério Público fora avisado sobre apostas ali e conseguiu cruzar os cartões de créditos com as financeiras. Com o MP, chega também a prefeitura para vistoriar, não encontra alvará para funcionamento e lacra a academia.

Na época, 2008, só para o card o atleta tinha 8 mil reais na mão, com mais 4 em caso de ser campeão – isso por noite. Justifica-se, então, a alta demanda de atletas.

Mas esse dinheiro que levava os atletas à rinha acabou sendo o próprio nocaute, já que as apostas que geravam toda grana caíram na malha da PF

Segundo a lei, era jogatina e os envolvidos seriam ouvidos para explicar a origem de daquela fortuna. Mas isso é outra história.

 

Daquele Rio Heroes de Osasco para o da série da Fox

A luta clandestina em Osasco faturou por duas ou três temporadas até a academia ser lacrada em fevereiro de 2008. E poucos sabiam que o que rolava em Osasco fazia tremendo sucesso online nos Estados Unidos.

Dez anos depois essa história é resgatada pela Fox com a série Rio Heroes. Como o nome indica, traz de volta aquela pancadaria sanguinária. Com produção da Mixer Films e NBCUniversal, a Fox lança a série cinco episódios.

O novo Rio Heroes destaca o sucesso daquele de Osasco e que burlou as leis do Brasil e dos Estados Unidos, segundo Fábio Danesi, um dos que assinam a série.

Jorge Pereira, o poderoso chefão e que promovia os eventos na cidade, foi o consultor da Fox para garantir fidelidade ao roteiro.

Gravada em São Paulo, a série é assinada por Fábio Danesi, Camila Raffanti e Alexandre Soares, com direção de Pablo Uranga e produção de Hugo Janeba, João e Michel Tikhomiroff, Eliane Ferreira e Rômulo Marinho Júnior.

Rio Heroes estreia sábado agora no Fox Premium 2, com a emissora disponibilizando os episódios no aplicativo – para assinantes, naturalmente.

 

Sinopse

Murilo Rosa é o jiu-jítsu Jorge Pereira, tarimbado em brigas de rua e que decidiu levar para um círculo fechado toda ferocidade das ruas.

O elenco conta dezessete atores, todos devidamente ensaiados pelo verdadeiro Jorge Pereira para essa primeira temporada. O destaque feminino fica para Priscila Fantin vivendo a lutadora Claudinha Pitbull.

 

Dois lutadores do clube de lutas em Osasco

 

 

Academia onde funcionava o clube da luta em Osasco

 

 

Compartilhar

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

marciosilvio@qgnoticias.com

%d blogueiros gostam disto: