15.9 C
Osasco
17/07/2019
QG Notícias | Base segura de informação e conteúdo
Geral

CHEGA DE SAUDADE? Pai da bossa nova se vai e dizendo que não

Em 1959 ele explodiu na vitrine do sucesso com o ‘Chega de Saudade”. E hoje ele se vai e dizendo que não, que saudade é uma mão sem volta. A morte de João Gilberto, o pai da bossa nova, deixa a história da música brasileira em dois capítulos – antes e depois dele.

O músico morreu neste sábado no Rio de Janeiro aos 88 anos. Ele estava internado e passando por procedimentos quando teve complicações. Em dezembro do ano passado perdera a amiga, ex-mulher e também cantor Miúcha e, desde então, entrou num estado debilitado.

João Gilberto Prado Pereira de Oliveira é baiano de Juazeiro, de 1931. De fato, um revolucionário da MPB. No mundo artístico era reconhecido como gênio. Os últimos anos dele foram de isolamento e de aflições por questões familiares envolvendo direitos autorais.

‘Chega de Saudade”, de Antônio Carlos Jobim e Vinícius de Morais, é composição de 1958. Quando entrou nessa melodia bossista, João Gilberto era um rapaz de 27 anos. Além desse clássico, ele também surpreenderia com ‘Desafinado”, de Tom Jobim e Newton Mendonça. Com a nascente João Gilberto, uma grande fila de jovens compositores e músicos formava-se em ascensão.