Canetaço de Temer pode libertar 21 presos da Lava Jato

 Extra!
Canetaço de Temer pode libertar 21 presos da Lava Jato
novembro 29
19:55 2018

Num córner está a Lava Jato, no outro o presidente Michel Temer; o árbitro é o Supremo Tribunal Federal e o combate será decidido na pontuação. Essa luta tem a ver com indulto concedido pelo governo e em discussão desde dezembro. mas os agente da força-tarefa não cedem na campanha contra o canetaço presidencial. Deltan Dallagnol é o coordenador da Lava Jato e protesta que dos 39 condenados pela operação, 21 poderão sair pela porta da frente da cadeia.

A campanha da Lava Jato contra Temer segue bombando na hashtag #indultonão e com alerta de que esse perdão federal compromete as diligências da força-tarefa. Nas redes sociais, Dallagnol é duro na queda: “A Lava Jato está em vias de sofrer a maior derrota de sua história. E o presidente Temer ficará livre para indultar quem ele quiser neste ano.”

E continua: “A liberação do indulto de Temer pelo STF é a ruína da Lava Jato. Olhando para trás, é injusto; olhando para a frente, faz a corrupção compensar. E mais: inviabiliza as delações premiadas. Se o presidente dá 80% de desconto na pena do corrupto de graça, qual benefício faria alguém colaborar? Nenhum.”

O decretão de Termer foi editado ano passado e a discussão ferve no Supremo. Entre os beneficiados que encabeçam a lista estão o ex-ministro Antônio Pallocci (já em regime domiciliar), a doleira Nelma Kodama (em semiaberto).

O indulto é uma ferramenta constitucional que extingue a pena. Nesse caso particular da Lava Jato, o governo está perdoando vários crimes por corrupção mais lavagem de dinheiro, ocultação de bens e tráfico de influência.

 

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

marciosilvio@qgnoticias.com

Artigos Relacionados

Check Page Rank