QG Notícias | Base segura de informação e conteúdo

Elas estão jogando e se divertindo: leoas do Nestlé prontas para outro cerco no assustado Praia

 Extra!
Elas estão jogando e se divertindo: leoas do Nestlé prontas para outro cerco no assustado Praia
março 29
22:07 2018

O primeiro jogo teve o placar mineiro por 3 a 2, o segundo foi osasquense com 3 a 1. Com a semifinal da Superliga empatada, agora vem o terceiro desse pega entre Praia Clube e Vôlei Nestlé.

E quem levar a parada nessa sexta-feira fica a apenas mais uma vitória para carimbar a classificação. A série é em melhor de cinco jogos e, portanto, vai para a disputa do título quem vencer três.

O outro playoff está praticamente fechado para o Sesc Rio. Só mesmo se as cariocas perderem as duas mãos para o Camponesa Minas reagir e forçar o quarto jogo. Por ora, as duas vitórias do Rio encaminham a equipe do técnico Bernardinho para selar o pacote no sábado.

Além de todas dificuldades técnicas e táticas, as mineiras cumprem essa decisão no Jeunesse. Portanto, chances quase nulas para vencer as cariocas no reduto delas.

Voltando para essa sexta-feira em Uberlândia, já no primeiro jogo as meninas do Nestlé sinalizaram que cresceriam no playoff.

O time iniciou desconcentrado e o Praia foi valente e durão até fechar a conta no tie-break. Por outro lado, aquela reação osasquense conta muito, pois se na estreia da semifinal as meninas conseguiram reagir e dar sufoco, espera-se mais agora, após a grande vitória de segunda-feira.

 

O Praia vai se recuperar?

O que está definido nesse playoff é que a decisão será em quatro rodadas. Portanto, as equipes sabem que a derrota amanhã fere, mas não mata.

Que o time mineiro tem condições de se superar e voltar a mostrar o grande vôlei, é verdade; e se o Nestlé sustentar a pegada de segunda-feira, então a bola vai ferver em Uberlândia.

Tem favorito? Sim, o Praia tem mais créditos como time mais forte na 1ª fase e, de quebra, por voltar a jogar em casa. Lembrando que na partida de segunda-feira Fabiana não fez nada e Fê Garay ficou muito abaixo do que pode.

Até mesmo a americana Fawcett jogou meio que na retenção, denunciando uma quase estratégia por já saber que esse playoff será de quatro jogos.

Apostar que as mineiras estão batidas é jogar-se no escuro e num rio que não dá pé. O Praia foi tão apático no Liberatão que deu impressão de literalmente soltar a mão.

Claro, tem o outro lado que foi o jogaço das meninas de Osasco. Partidaça de todas elas, implacáveis e dominando o emocional do clássico.

Mas foi um jogo e passou. O Praia contava com essa reação e agora tem que fazer valer o mando de quadra para confirmar o favoritismo.

No entanto, que as mineiras deram moral de sobra para o Nestlé, é fato. Agora que se segurem em Uberlândia porque a braçuda Tandara puxa a fila que segue com a Carol Albuquerque, Fabíola, Bia, Ángela Leyva, Tássia…

 

 

3ª rodada semifinal

SEXTA-FEIRA, 30
21h30  em Uberlândia: Praia Clube x Vôlei Nestlé
SÁBADO
15h na Jeunesse Arena: Sesc Rio x Camponesa Minas

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

marciosilvio@qgnoticias.com