Algo deu errado com a conexão!

Ex-Audax, lateral de 18 anos agora vai de Galo na Copa do Brasil

 Extra!
Ex-Audax, lateral de 18 anos agora vai de Galo na Copa do Brasil
Abril 17
14:30 2018

O grande lance do Audax é o mercado de jogadores. Depois de surpreender o Brasil como vice-campeão paulista em 2016, agora o clube de Osasco não tem mais nada a ver com aquela história.

Trata-se de uma empresa. Profissionalmente, desabou o Audax do Paulistão, quebrou o Grêmio Esportivo Osasco e afundou o Osasco FC porque o foco do grupo são as categoria de base, ninho gerador de renda.

E se alguém perguntar sobre a equipe feminina, a diretoria mantém porque é lei do futebol internacional – clube sem a modalidade legalizada tem como pena não disputar torneios nacionais e a Libertadores, por exemplo.

 

Mas vamos à matéria!

Certo, na Copa São Paulo de Futebol Júnior o Audax entrou com uns garotos bons de bola. O destino de todos deles é difícil de rastrear, mas tem um que é notícia por estar na boca da Copa do Brasil.

O lateral Kevin Kesley tem 18 anos e logo após a Copinha fechou com o Atlético Mineiro. Como já foi dito, o Audax está mesmo focado nisso, revelar jogadores e fazer o negócio girar.

O Galo agradece e agora conta com o garoto que pode estrear na Copa do Brasil nessa quarta-feira contra o Ferroviário do Ceará.

Jogo de volta da 4ª fase e Kevin está na boca para cobrir a ausência de Fábio Santos. Além disso, trata-se de um jogo sem perigo para o Galo, já que na partida de ida meteu 4 a 0. Tanto que o técnico Thiago Larghi avisa que deve poupar outros titulares, situação que abre oportunidade para os reservas.

Kevin é natural de Osasco e já está muito bem encaminhado no futebol profissional. Ele chegou para formar as bases do Atlético mas logo foi guindado para treinar com o time de cima. E quando Danilo Barcelos foi emprestado à Ponte Preta, o jovem de Osasco entrou no elenco principal como reserva imediato.

Ainda sobre a Copa São Paulo, o garoto jogou um bolão na fase de mata-mata e ajudou o Audax na eliminação do próprio Atlético Mineiro. A diretoria do Galo se interessou pelo lateral e o resultado está aí. E três quesitos do lateral são destacados pelo técnico do Galo – é um atleta muito forte, é veloz e tem bom tiro nos cruzamentos.

No entanto, o jogador não é nenhum novato que saiu das bases do Audax para logo vestir a camisa respeitável do Galo. Na temporada passada ele estava na seleção brasileira sub 17, por exemplo.

E mais: antes de ser levado pelo Galo, fez quatro jogos pelo Audax na série A2. Portanto, ainda que bem jovem, Kevin tem boa experiência para dar conta do recado na lateral atleticana.

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

marciosilvio@qgnoticias.com