Depois de Cid Gomes, ministro da Comunicação Social pede demissão à Dilma

Março 25
21:04 2015

A Secretaria de Imprensa da Presidência da República informou nesta quarta-feira (25) que o ministro Thomas Traumann (Comunicação Social) entregou pedido de demissão à presidente Dilma Rousseff, que aceitou.

Nota divulgada pelo Palácio do Planalto não informa o motivo nem diz quem assumirá a pasta (leia a íntegra ao final desta reportagem).
Traumann é o terceiro ministro a deixar o cargo no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. Além dele, saíram Cid Gomes (Educação), substituído interinamente por Luiz Cláudio Costa; e Marcelo Néri (Secretaria de Assuntos Estratégicos), substituído por Roberto Mangabeira Unger.

Conforme a Secretaria de Imprensa, o atual secretário-executivo da Secom, Roberto Messias, assumirá o comando da pasta de forma interina, até que Dilma nomeie um sucessor.

Sobre o Autor

admin

admin