Unimed nacional atenderá clientes da Unimed Paulistana; determina justiça

setembro 19
12:36 2015

A Justiça de São Paulo determinou, na quinta-feira (17), que a Unimed Paulistana encaminhe para a Central Nacional da empresa, em 24 horas, os pacientes que não conseguirem agendar procedimentos em sua rede. A regra vale até que a carteira de clientes seja vendida. Cabe recurso da decisão. A Unimed Paulistana informou que não foi oficialmente intimada sobre essa liminar. Em nota, ela “ressalta que cumpre todas as determinações judiciais que envolvem a cooperativa”. Procurada, a Unimed nacional não retornou até a publicação da reportagem do G1.

Em sua decisão, a juíza Maria Rita Rebello Pinho Dias, da 18ª Vara Civel, determina que a Central Unimed “ofereça aos usuários da Unimed Paulistana os serviços médico/laboratoriais e hospitalares, incluindo cobertura obstétrica e odontológica, a que teriam direito considerando as obrigações assumidas pela Unimed Paulistana em contrato, especialmente em situações de urgência e emergência, de forma solidária à Unimed Paulistana”.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou que mais de 740 mil clientes do convênio sejam transferidos para outros planos de saúde por causa de problemas financeiros, assistenciais e administrativos da operadora.

Hospitais de São Paulo anteciparam o fim dos contratos e deixaram de atender pacientes conveniados à Unimed Paulistana desde o ano passado por causa da falta de pagamento da operadora. Laboratórios da capital paulista ouvidos pelo G1 também confirmaram suspensão do convênio com a Unimed Paulistana nos últimos meses.

Como a operadora não conseguiu “sanar os problemas”, a ANS determinou que a Unimed Paulistana negocie a transferência de toda a sua carteira de clientes. Para assumir a carteira, a empresa interessada deverá possuir “situação econômico-financeira adequada e manter as condições dos contratos sem prejuízos aos consumidores”.

A decisão atende a pedido do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), que ingressou com ação civil pública em 10 de setembro solicitando a responsabilização solidária de empresas do grupo Unimed.

Em caso de dúvidas ou denúncias, a ANS recomenda que os beneficiários da Unimed Paulistana liguem para o Disque ANS (0800 701 9656), pela Central de Atendimento no portal da Agência. (G1)

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018