Seis candidatos disputam a OAB de São Paulo hoje; em Osasco quatro

novembro 18
12:17 2015

São Paulo, 18 – A Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo, a maior seccional da OAB no País, escolhe nesta quarta, 18, o seu novo presidente e as novas diretorias das 233 subseções espalhadas pelo Estado para o triênio 2016/2018. Com seis chapas disputando o pleito, sendo cinco de oposição, a atual gestão enfrenta críticas quanto ao posicionamento da ordem sobre temas polêmicos como o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Para o atual presidente da entidade e candidato à reeleição, Marcos da Costa, do ponto de vista jurídico ainda não há elementos suficientes para o afastamento da presidente.

“As contas não são apreciadas pelo TCU (Tribunal de Contas da União), ele é um órgão de assessoria do Parlamento. Portanto, as contas são encaminhadas ao Congresso, que vai decidir se aprova ou não aprova as contas. Falta o posicionamento do Congresso”, afirmou Costa em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo.

Com o dobro de chapas disputando em relação ao último pleito, os opositores, afirmam que a Ordem já poderia tomar um posicionamento mais enfático sobre o assunto. “A OAB poderia se manifestar sobre a abertura do processo (de impeachment), aí o resultado vai depender do próprio Congresso, até para a entidade poder pautar e ser um marco regulatório na política brasileira”, disse o candidato Sergei Cobra, da chapa 14 – “Pela Ordem Sergei Cobra”.

Ricardo Sayeg, da chapa 13 – “OAB pra valer” -,também não poupa críticas à falta de posicionamento político da atual gestão. “Hoje a Ordem é um cartório. A OAB não tem cumprido seu papel, infelizmente ela só sabe arrecadar e punir advogados”, afirmou.

Já o candidato Anis Kfouri, da chapa 16 – “Orgulho de ser advogado” -, ressalta que a posição da entidade sobre temas polêmicos como o impeachment deve ser definida pelo Conselho Federal da Ordem, mas que as seccionais podem manifestar sua opinião. “Na minha gestão, eu tenho certeza, a ordem não vai se calar diante disso”, disse o candidato.

Gestão

 

OSASCO

Em Osasco quatro candidatos disputam a presidência da 56ª Sub-Seção da OAB: Dra. Libânia Aparecida (chapa 1), Dr. José Paschoal Filho (chapa 2), Dr. Molico (chapa3) e Dr. Antonio Carlos (Chapa4).

Sobre o Autor

admin

admin