Preso, senador Delcídio será transferido segunda-feira

dezembro 12
17:55 2015

Brasília, 12 – O senador Delcídio Amaral (PT-MS), preso sob acusação de tentar de obstruir as investigações da Lava Jato, deve ser transferido da superintendência da Polícia Federal no Distrito Federal na segunda-feira, 14. Na sexta-feira, 11, o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou que o ex-líder do governo no Senado seja levado da PF para quartel da Polícia Militar do DF.

Apesar de a PF já ter sido informada da decisão do Supremo, o Comando Geral da Polícia Militar ainda não foi notificado oficialmente sobre a determinação de Zavascki. Por esse motivo, a transferência não está prevista, até o momento, para ocorrer neste sábado, informou a PF.

De acordo com informações da Polícia Federal, a decisão do Supremo indica o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) como local em que Delcídio deve ficar recolhido. Em conversa informal entre as polícias Federal e Militar, as autoridades consideraram que o local indicado não é apropriado para a permanência do parlamentar. Ainda avaliam onde ele ficaria no batalhão.

O pedido para transferência foi feito pela defesa do senador e teve parecer favorável por parte da Procuradoria-Geral da República. O advogado Antônio Figueiredo Basto, responsável pela defesa de Delcídio, alegou que o senador, como parlamentar, tem direito a permanecer em quartel recluso na chamada “sala de estado maior” – reservada para autoridades e advogados.

“Não poderia ficar na Polícia Federal, trata-se de um direito dele”, disse Basto. O advogado disse que continuará tentando revogar a prisão do parlamentar no Supremo Tribunal Federal. (Ag. Estado)

Sobre o Autor

admin

admin