Pesquisa mostra queda acentuada do prefeito Haddad em São Paulo

novembro 03
00:02 2015

A um ano para as eleições municipais, o prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) é avaliado como ruim ou péssimo por 49% dos eleitores da cidade, segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira. Considerando a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, esse percentual é o mesmo registrado em julho do ano passado (47%) e em fevereiro deste ano (44%). Esses são os três picos de reprovação da gestão do petista, iniciada em 2013.

A má avaliação do prefeito, que ainda não fala abertamente em ser candidato no ano que enquanto se move para tentar manter o PMDB como aliado, parece acompanhar a popularidade das ciclovias – uma das suas maiores bandeiras. Enquanto em setembro do ano passado, 80% dos paulistanos eram a favor das ciclovias, hoje esse percentual caiu para 56%. Outras medidas recentes também dividem os paulistanos, como o fechamento da av. Paulista aos domingos (47% a favor e 43% contra) e redução da velocidade nas Marginais. Os que avaliam o prefeito petista como ótimo ou bom representam 15% dos eleitores da cidade, mesmo percentual registrado em julho do ano passado. Em junho de 2013, às vésperas das jornadas de junho, 34% dos paulistanos avaliavam Haddad como ótimo ou bom.

“A oposição em São Paulo está jogando no obscurantismo. A ponto de chamar um ciclista de comunista. Quando se chega nesse nível… “, queixou-se o prefeito em entrevista ao EL PAÍS no mês passado, enquanto as medidas eram elogiadas por publicações estrangeiras como o New York Times e o Wall Street Journal. (El País)

Sobre o Autor

admin

admin