LAVAJATO: Suspeitas levam crer que sítio em Atibaia terá operação da PF nesta sexta-feira

Fevereiro 04
23:19 2016

De acordo com informações que circulam em Brasília, a força-tarefa da Operação Lava Jato estaria preparando para esta sexta-feira 5 uma nova etapa da investigação que teria como alvo o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Não se trata, no entanto, da prisão do ex-presidente, segundo o que se comenta entre parlamentares do PT, mas sim de uma operação de busca e apreensão no sítio do empresário Jonas Suassuna em Atibaia, interior de São Paulo, que era frequentado por Lula e sua esposa, Marisa Letícia.

Nos últimos dias, procuradores da força-tarefa da Operação estiveram em Atibaia supostamente preparando esta nova fase. O vazamento antes da data da deflagração do que seria a 23ª etapa teria ocorrido porque equipes de veículos de comunicação, especialmente da Globo, do Estado de S. Paulo e da Abril, já teriam sido alertadas para que se deslocassem para Atibaia.

A última fase da Lava Jato, chamada de Triplo X, já se aproximou de Lula ao começar a investigar apartamentos do Condomínio Solaris, localizado na praia de Astúrias, no Guarujá, litoral paulista. O ex-presidente obteve uma cota para a compra de um desses imóveis, mas a devolveu no fim do ano passado à OAS, empreiteira que passou a ser responsável pelo empreendimento, após dificuldades da Bancoop.

Recentemente, Lula tem sido alvo de uma série de reportagens na imprensa envolvendo tanto o apartamento no Guarujá quanto o sítio em Atibaia, que teria sido reformado pela Odebrecht, empreiteira investigada na Lava Jato. As reportagens relacionam os dois episódios com recebimento de propina por parte do ex-presidente no esquema de corrupção da Petrobras.

Lula tem negado, uma a uma, as reportagens e seu envolvimento em irregularidades. É a expectativa desta nova fase que alimenta o linchamento promovido pela Globo nos últimos dias, em que o Jornal Nacional tem dedicado blocos inteiros contra Lula e colunistas têm sugerido a prisão do ex-presidente, como Carlos Alberto Sardenberg e Caio Blinder. (Brasil 247)

Sobre o Autor

admin

admin