LAVA JATO: Marcelo Odebrecht afirmou preferir não optar pela delação premiada

setembro 01
18:54 2015

Em depoimento à CPI da Petrobras em Curitiba (PR), o presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, afirmou que não pretende colaborar com a Justiça por meio da delação premiada. “Para alguém dedurar, tem que ter o que dedurar, o que não é o caso”, respondeu à pergunta do deputado Altineu Cortes (PR-RJ), um dos sub-relatores da CPI. O executivo se recusou a responder perguntas relativas às acusações contra a empresa sobre pagamento de propina e formação de cartel em contratos com a Petrobras.

“Gostaria de ter oportunidade, nessa CPI, de falar tudo o que sei, mas infelizmente estou engessado porque estou amarrado pela questão do processo penal que corre paralelamente, inclusive com depoimentos de testemunhas de acusação”, explicou.  Ele disse ter esperanças de que a empresa saia do processo da Operação Lava Jato fortalecida, apesar das acusações.

(Congresso em Foco)

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018