Alberto Youssef confirma na CPI que senador Aécio Neves recebeu propina

agosto 25
23:51 2015

Brasília – Dois dos principais delatores da operação Lava Jato, o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, mencionaram nesta terça-feira (25) que políticos do PSDB receberam recursos desviados de empresas estatais como a Petrobras e Furnas. Entre os beneficiados estariam o ex-presidente nacional partido Sérgio Guerra e o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

O doleiro Alberto Youssef disse, durante depoimento à CPI da Petrobras, que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) recebeu dinheiro de corrupção envolvendo Furnas, subsidiária da Eletrobras. “Eu confirmo (que Aécio recebeu dinheiro de corrupção) por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre e eu era operador dele”, disse o doleiro. Essa é a primeira vez que o nome do tucano aparece com mais enfase.

Já Paulo Roberto Costa disse que foi procurado por Guerra e pelo deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) para que o dinheiro fosse encaminhado ao líder tucano. “De minha parte, posso dizer que eles receberam”, afirmou Costa.

Até o momento, dessa divulgação, não havia nenhuma nota do PSDB ou de assessores do senador sobre as afirmações de Alberto Youssef.

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018