Vôlei feminino de Osasco completando 20 anos

 Extra!
Janeiro 14
19:02 2016

A estreia foi na temporada 1996 e já conquistando o título do Campeonato Paulista. Depois teve estreia na Superliga Feminina e que seguiu até meados do ano seguinte. O vôlei feminino de Osasco dava início a um projeto espetacular, parceria que neste ano completa duas décadas. Na primeira competição da Superliga, por exemplo, o BCN Osasco enfrentou Joinville, Londrina, Divinópolis/MG, Minas, Pinheiros, Recreativa de Ribeirão Preto, São Caetano, Sorocaba e Tietê.

Esses dez times jogariam no modelo atual com a 1ª fase sendo com rodadas entre si, turno e returno, com os oito melhores indo para a 2ª fase que foi em série melhor de três. Daí saíram as semifinais e para série de melhor de cinco, valendo também para a disputa do título. Lembrando da velha regra dos 25 pontos e com a bola de vantagem.

O BCN tocava o projeto do vôlei em Guarujá, transferindo-se então para Osasco em 1996 – e com o Bradesco por trás. O técnico da equipe era Cacá Bizzochi e no elenco com Andréia Marras, Márcia, Ângela Moraes, Josiane, Bia e Ana Cláudia – o novato da Superliga terminou em 3º lugar.

Do elenco atual do vôlei de Osasco (Vôlei Nestlé) e que ocupa o 4º lugar na Superliga, a jogadora mais antiga é a central Adenízia. Ela chegou para testes no BCN quando tinha 13 anos, em 1999. Ficou nas bases do clube até começar a ganhar espaço real no time de cima, Mais tarde chegariam a líbero Camila Brait e a central Thaísa – o BCN já havia dado lugar ao Finasa. (Márcio Silvio)

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018