Vitória raçuda de osasquense na motovelocidade

 Extra!
outubro 21
22:25 2015

Se o assunto é motovelocidade, a SuperBike Brasil lidera o ranking de competitividade e conta com os melhores pilotos do País. E o destaque da 6ª etapa que rolou domingo no Autódromo Internacional Ayrton Senna é Danilo Lewis, de Osasco, e que conquista o primeiro título na categoria Principal.

Foi uma prova sob calor extremo em Goiânia, e o piloto da Tecfil Racing Team fechou a conta na primeira bateria disputada na parte da manhã. Danilo voou baixo numa moto de 1.000 cilindradas, confirmando o favoritismo mostrado nos treinos. Mas o detalhe é que ele não foi para a disputa da pole e largou em 15º lugar. A reação do osasquense foi de arrepiar, fazendo fila até assumir a ponta.

Com uma arrancada fora de série, Danilo barbarizou na habilidade já na primeira volta deixou doze adversários no retrovisor, ficando atrás apenas de duas motos Honda Mobil. E faltando quatro voltas, ele ataca e ultrapassa Maico Teixeira, indo em busca de Diego Faustino, líder do campeonato. Danilo deu aquela pressão e Faustino não conseguiu segurar a barra e Danilo assume a ponta.

Mas o líder não deixou de graça e foi para o contragolpe, forçando tudo na curva do S; e de forma espetacular tem a virada com Diego Faustino reassumindo a liderança da prova. No entanto, ele nem pôde comemorar porque Danilo reagiu no vácuo e deu o troco voltando à ponta.

Danilo e Diego Faustino surgiram na reta dos boxes praticamente colados (foto acima), uma final empolgante e com o piloto de Osasco recebendo a bandeira quadriculada por 1 décimo de vantagem. “Sabia que não seria fácil, mas consegui andar bem”, resumiu o campeão. (Márcio Silvio)

NOTINHAS
– a motovelocidade está em luto pela morte do piloto Joãozinho Treze. Ele passou direto numa curva e o acidente foi fatal. Chegou a ser socorrido com todos os procedimentos, mas não deu.
– Danilo Lewis era um dos muitos amigos de Joãozinho Treze. “Amaria ter chegadono box e comemorarmos juntos a minha primeira e tão sonhada vitória”, disse o campeão.– Joãozinho Treze tinha 32 anos e corria pela Mobil Ituran Racing. Ele passou reto na curva 1 e após duas voltas apenas.
– o piloto Danilo esteve hoje na prefeitura e foi parabenizado por Jorge Lapas. O piloto levou o troféu da etapa de Goiânia, os dois conversaram um pouco e o prefeito disse que está na torcida com o grito: Acelera, Danilo!

21. Danilo Lewis 3 21. Danilo Lewis 2 21. Danilo Lewis 4

CONTAGEM PARA 2018