Thaísa comemora treinos com joelhos zeradinhos

julho 31
19:24 2015

Primeiramente ela comemorou quando começou a andar com muletas após as primeiras longas e duras sessões de fisioterapia. Manteve a pegada em busca da recuperação, e poucos dias depois já estava subindo e descendo escadas – mais comemorações.

E tem sido assim os dias para a central Thaísa, capitã do Nestlé de Osasco e que cerca de dois meses atrás passou por cirurgia nos dois joelhos. Um medida radical para pôr fim ao drama que ele vivia, pois sofria com dores há muito tempo. Por fim, essa medida brusca tem a ver com os Jogos Olímpicos – tudo dentro de um planejamento para que ela esteja voando baixo quando o Rio 16 chegar.

Como os trabalhos de recuperação não param, são constantes e diários, chega mais uma comemoração da xerifona: agora ela cumpre as rotinas de treinos e não sente mais dor alguma nos joelhos.

A previsão de treino com bola fica para setembro, e até lá os trabalhos restringem-se à academia. Thaísa está mesmo muito feliz e disse que as únicas dores que sentiu após os treinos de ontem foram as dores musculares. Portanto, os joelhos da olímpicas estão zeradinhos.

Ao se levantar da cama na manhã de hoje, Thaísa sentiu aquela pegada muscular no quadríceps. Essa dor foi o café da manhã mais feliz que ela teve nesses meses de recuperação, pois movimentou os joelhos, procurou intensamente por alguma dorzinha e nada. Nenhum sinal dolorido.

Na academia do Liberatão, ela já faz agachamento com peso, e também trabalha braço, abdome e costas. “Estou fazendo muito forte”, destacou a titular da seleção brasileira. E quanto ao trabalho de pernas, ela afirma que faz agachamentos e sem sentir dores.

Fernando Fernandes é o fisioterapeuta que acompanha Thaísa o tempo todoa. “Tivemos uma evolução grande nesta semana que foi o fato dela começar a trabalhar a musculatura da coxa. Já estava trabalhando a posterior, mas agora nós tivemos uma condição clinica que pudermos trabalhar o quadríceps”, explicou. (Márcio Silvio)

 

258989_523103_thaisa_3

Ela vem trabalhando braços, ombros e pernas na academia do Liberatão. (Foto, Rafael Zito)

Sobre o Autor

admin

admin