Soneca encara nocauteador Erick Hulk

agosto 11
17:15 2015

Um grande duelo é esperado na penúltima luta do card principal do AFC Osasco, sábado que vem no Liberatão de Presidente Altino, o consagrado palco do vôlei feminino. E pode ser um daqueles confrontos clássicos entre luta em pé versus a arte suave do jiu-jítsu.

Destaque para o lutador da casa, mestre Allyson Pinheiro, o Soneca, especialista no jiu mas que vem crescendo forte na trocação. Ele encara o perigosos Erick Hulk, lutador da Brazilian Top Team e que tem apenas dois combates no MMA. No entanto, foram duas vitórias por nocaute.

Hulk está mais que motivado e aposta alto nos punhos contra o mestre Soneca, que representa a equipe G13 de Osasco. Sabendo da pegada forte do adversário, Soneca batalhou forte nos treinos em pé porque também gosta de trocar porradas.

Quanto a Hulk, as duas vitórias dele foram no 1º round. A estreia foi em março do ano passado contra Mezaki Teodoro, no RSF Reborn Strike Fight, nocaute técnico após saraivada de golpes.

Allyson Pinheiro tem mais bagagem que Hulk no MMA, são 2 vitórias e 5 derrotas. A estreia foi em setembro de 2006 no Fury FC, na derrota por pontos para William Casquilha. Em novembro do mesmo ano amargaria mais uma, dessa feita via nocaute técnico mandado por Ivanildo Santos no Cla Fighting e já no 1º round.

Guerreiro e sem medo, eis Soneca novamente no octógono, dois anos depois e novamente sem sucesso – derrota para Rodrigo Ruiz no The One, fevereiro de 2008. Desistir? Isso nunca passa pela cabeça de Soneca, que em março do ano seguinte voltaria à luta e para comemorar a primeira vitória profissional – já no 1º round usou o bom e velho jiu-jítsu para anular o braço de Ânderson Naja no First Class Fight.

Soneca ficou naquele gás, quis saber de outra luta bem rápido e dois meses depois estava ouvindo o gongo para entrar novamente em ação. Mas não se deu bem e foi nocauteado no 1º round.

Foi aquela frustração geral e ele ficou um bom tempo sem combate, retornando em 2012 contra Eduardo Silva no MMA Fest, vencendo por pontos após três rounds. Um ano depois ele voltaria ao MMA Fest, mas com derrota para André Pilpo, nocaute técnico no 2º round. (Márcio Silvio)

(FOTOS, Fabio Oscar)

11. Hulk e Soneca 1_Fabio Oscar

Hulk vem de duas vitórias pela via rápida, mas tem pela frente um expert no chão.

 

Sobre o Autor

admin

admin