Ribeirão Preto pode desistir de sediar Jogos Abertos

 Extra!
setembro 15
16:02 2015

Ribeirão Preto é uma grande cidade e está com tudo para sediar os Jogos Abertos do Interior, de 26 de outubro a 3 de novembro. No entanto, há um problema: a pouco mais de 300km de São Paulo, a cidade enfrenta uma situação importante – o ano letivo. Liminar posta em ação pelo promotor Ramon Lopes Neto e atendida pelo juiz Paulo César Gentile, coloca os Jogos Abertos em xeque porque a decisão veta a liberação das escolas para alojamento dos atletas.

E não há Jogos Abertos sem escolas, naturalmente. A prefeitura de Ribeirão Preto calcula 16 mil competidores de 250 cidades. E mesmo que fosse feito um esforço concentrado para distribuir esse batalhão em hotéis, ainda assim não daria conta porque a rede hoteleira tem pouco mais de 11 mil leitos.

Esse problema pega na veia do governo paulista, já que a competição está às portas. O que pode ser feito é entrar com uma segunda sede, já que não há como ficar esperando o desdobramento jurídico em Ribeirão Preto. Parece que três cidades já se apresentaram como candidatas: Santos, São Bernardo e Bauru.

Layr Luchesi Junior é o secretário de Esportes de Ribeirão Preto, e resume que a situação lá é mesmo complicada. No Tribunal de Justiça, a cidade está travando aquela peleja para anular o veto do juiz Paulo César Gentile, mas as chances são poucas.

Sobre o ano letivo, o secretário explica que tudo foi planejado desde o ano passado com antecipação das aulas – encurtando as férias de julho. Segundo a prefeitura, portanto, tudo está sob controle quanto a esse aspecto. Mas com a decisão do juiz essa briga pode se arrastar, e por isso o governo paulista já procura por uma saía de emergência. (Márcio Silvio)

NOTINHAS
– Ribeirão Preto ainda está para concluir algumas obras para os Jogos Abertos. Apesar da potência que é, a cidade passa por crise financeira.
– Dárcy Vera é a prefeita (PSD) e confirma o mau momento da cidade quanto ao cofre público, e que as obras por lá estão sendo bancadas com verba do Estado.
– a reportagem do QG Notícia tentou contato com Tinha di Ferreira, secretário de Esportes, para saber se Osasco estaria interessada, já que ele havia antecipado projeto de candidatar a cidade para os Jogos Abertos do ano que vem. No entanto, até o fechamento desta matéria o secretário não deu retorno.

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018