Refugiados sírios são destaques no futebol

 Extra!
setembro 28
13:30 2015

O Santos bateu o Internacional por 3 a 1, jogo de ontem na Vila Belmiro, resultado que mantém o histórico de ascensão do Peixe em busca da zona de classificação do Campeonato Brasileiro. E nas arquibancadas da Vila Belmiro um grupo de torcedores fazia a diferença no futebol – cerca de 100 refugiados sírios torcendo pelo alvinegro praiano.

Famílias sírias fizeram aquela festa na vitória do Santos, num programa organizado pela diretoria que recebeu os refugiados para café da manhã seguido de um tour pela Vila mais famosa. Ao ver o sorriso de todos e a expressão de felicidade no olhar, parece não restar mais nada da tristeza que deixaram na terra natal. No entanto, as feridas seguem abertas nesse povo que chega traumatizado e precisando não só do apoio logístico, mas também de suporte psicológico – especialmente as crianças.

O time santista entrou em campo com uma faixa de solidariedade aos refugiados, e nas arquibancadas eles liam as respostas em faixas sírias: ‘Obrigado, Brasil!’ Lembrando que em 1969 e na época daquele timaço com o lendário camisa 10 à frente, o Santos fez história ao parar uma guerra na Nigéria.

Segundo o Comitê Nacional para os Refugiados, no Brasil há pouco mais de 2 mil sírios nessa condição, sendo o País que mais recebeu refugiados na América Latina. A conta de 2.077 sírios que chegaram aqui fugindo da guerra local vai de 2011 até agosto último. (Márcio Silvio)

12019752_921148777953682_5199611684269875792_n

11225068_921148824620344_6660238265724577342_n

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018