Polícia canadense no encalço de dois jogadores da seleção do Pan

 Extra!
outubro 29
18:51 2015

Um é goleiro do Botafogo de Ribeirão Preto, outro é atacante do inglês Reading. Os dois estão no quadro de busca da polícia de Toronto sob acusação de terem abusado de uma moça durante os Jogos Pan-americanos. O atacante Lucas Piazon já está negando tudo, mas o goleiro Andrey não se pronunciou ainda.

Eles formaram com a seleção brasileira no Canadá e, segundo a denúncia, estavam numa boate onde ficaram com uma mulher de 21 anos. Até aí, tudo normal. Acontece que a moça registrou queixa policial dizendo ter sido abusada pelos jogadores brasileiros.

Isso aconteceu em 25 de julho, segundo a denúncia. No relato, consta que ela teria sido abusada enquanto dormia e que quando acordou os dois já haviam ido embora – o termo usado na ocorrência é ‘e então fugiram’.

O Reading disputa a 2ª divisão da Inglaterra, mas Lucas Piazon pertence ao Chelsea. Ele não aceita as denúncias e avisa que já está tomando todas as medidas de defesa. O goleiro Andrey ainda não se manifestou, mas o jurídico do Botafogo também já está cuidando disso.

Esse caso de abuso junta-se a de outro brasileiro, goleiro da seleção brasileira de polo aquático, Thye Mattos Bezerra – goleiro reserva. A ocorrência deu-se em 16 de julho e com o mesmo roteiro – segundo a polícia de Toronto.

Thye e um amigo de seleção estiveram com uma moça na residência dela, e enquanto ela dormia os dois teriam abusado sexualmente e, tal qual Lucas Piazon e Andrey, Thye e o amigo fugiram após o abuso.

No entanto, a polícia não dá detalhes sobre esse ‘estar dormindo’ das duas vítimas – se elas dormiam e foram acordadas já submissas e sem poder de reação; ou se deram conta do abuso bem mais tarde, quando acordaram. Mas isso é questão para ser levado a julgamento. Para isso, a polícia de Toronto expediu mandado de prisão para os dois jogadores da seleção do Pan. (Márcio Silvio)

29. Goleiro Andrey 29. Lucas Piazon

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018