PAN DE TORONTO: confira as medalhas brasileiras de ontem

julho 16
02:57 2015

Mais uma rodada de medalhas para o esporte brasileiro nos Jogos Pan-americanos de Toronto. Na manhã bem fria no Royal Canadian Henley Rowing Course, a remadora Fabiana Beltrame foi ao pódio de prata na categoria single skiff. No Pan de Guadalajara em 2011, ela também foi prata. “Não consegui remar como eu queria. Estava muito vento na largada e eu não remo muito bem com marola. Não superei as condições adversas e saí atrás de todas, em último”, comentou a pratinha, única medalhista da modalidade em Toronto. “Precisa dar uma reestruturada no remo brasileiro”, disparou Fabiana.

Se o remo teve apenas uma medalha e com todos os demais brasileiros eliminados, no tiro com arco feminino a queda também foi tensa e o Brasil está fora da disputa por medalhas. Na rodada desta quarta-feira no Varsity Stadium, a mira não foi boa para Ane Marcelle, Larissa Feitosa e Sarah Nikitin, que não conseguiram passar para as quartas-de-final. Todas foram vencidas e despedem-se individualmente do Pan, já que ainda podem brigar por medalha coletivamente. Na sexta-feira tem as provas por equipe e o trio de arqueiras vão em busca da reabilitação a partir das 11h.

Ainda na parte da manhã teve rodada do tiro rápido e com Emerson Duarte ficando em 4º lugar, classificando-se para a final. Mais tarde, portanto, ele retorna para a decisão e ficou a apenas 1 ponto da medalha de ouro levada pelo americano Brad Balsley – o brasileiro somou 579 pontos nos 25m.

E uma modalidade surpreendeu na rodada desta quarta, o badminton com três medalhas – duas de prata e uma de bronze. Grande resultado e que promete mudar o status do badminton no País. As irmãs Luana e Lohaynny Vicente foram ao pódio prateado na prova de duplas. No confronto contra as americanas Eva Lee e Paula Obanana, as brasileiras não tiveram nenhuma chance com 21 a 14 no 1º set e 21 a 6 no seguinte. No entanto, medalha de prata garantida.

Na outra final de duplas, Daniel Paiola e Hugo Arthuso também pegaram americanos e também perderam de 2 a 0 – para Phillip Chew e Sattawat Pongnairat. E a terceira medalha, de bronze, ficou para Lohaynny na dupla mista com Alex Tjong.

E o levantamento de peso também está mostrando força. Após os pódios femininos, nesta quarta foi a vez de Mateus Gregório festejar medalha para a categoria masculina. Quer mais? E tem mesmo, medalha de ouro no levantamento com Fernando Reis brilhando no pódio campeão, categoria +105kg e para dar toda moral à modalidade no Pan.

Quem também está comemorando é Caio Souza, bronze na ginástica artística que encerra participação no Pan com 5 medalhas. Caio foi bronze com 14.925 pontos e foi ao pódio pela segunda vez, já que havia sido prata por equipe.

Ele competiu no salto e ficou atrás do americano Donnell Whittenburg (14.962) e do campeão Manrique Larduet (15.125), de Cuba. “Acredito que no momento certo a medalha de ouro virá. Tenho muito ainda o que mostrar na ginástica. Vim para fazer o meu melhor”, disse Caio Souza, cujo sonho agora é conseguir vaga para os Jogos Olímpicos do Rio.

Na mesma prova do salto, Arthur Nory ficou em 7º lugar. E no solo feminino, Daniele Hypólito terminou em 8º. Outra que foi muito paparicada em Toronto, Flávia Saraiva, ficou em 6º lugar. E a medalha de bronze literalmente bateu na trave para Julie Kim, 4ª colocada na trave da ginástica artística com 13.575 pontos – a canadense Victoria Woo somou 13.650 e garantiu o 3º lugar. Nessa prova, Flávia Saraiva terminou na 5º.

O Brasil também não teve sucesso na barra fixa masculina nesta quarta-feira. Lucas Bittencourt terminou em 7º lugar, com Arthur Nory em 8º. E Caio Souza também disputou nas barras paralelas, mas nessa prova não deu para ele, 7º lugar.

A ginástica artística teve quatro dias de competições em Toronto e com apenas 1 ouro, de Arthur Zanetti nas argolas. Foi prata por equipes (masculina) e fechou participação com três medalhas de bronze – por equipes (feminina), mais Flávia Saraiva (individual geral) e Caio Souza (salto).

Outra modalidade se despedindo do Pan é o tênis feminino (foto acima). E neste penúltimo dia de provas, as semifinais, a dupla Beatriz Haddad e Paula Gonçalves valorizaram o duelo contra as mexicanas Victoria Rodriguez e Marcela Zacarias, que venceram por 2 a 1. Apesar da derrota, a dupla brasileira segue no jogo e nesta quinta-feira volta à ação buscando a medalha de bronze – enfrentam as argentinas Maria Irigoyen e Paula Ormaechea.

A prata não chegou para o tênis feminino, mas está nas mãos da seleção masculina de polo aquático, que decidiu o título contra os Estados Unidos, que venceram por 11 a 9.

Já a sempre forte natação teve duas medalhas de ouro com Thiago Simon nos 200m peito, e João de Lucca nos 200m livres. Ainda no peito, chegada de Leonardo de Deus para a medalha de bronze nos 200m costas, enquanto no feminino deu bronze para Manuella Lyrio nos 200m livres. E mais um bronze, com Thiago Pereira nos 200m peito. (Márcio Silvio)

OURO 3
– levantamento de peso categoria +105kg: Fernando Reis
– natação 200m peito: Thiago Simon com 2min09s82
– natação 200m livres: João de Lucca com 1min46s42

PRATA 6
– badminton dupla feminina: Luana Vicente e Lohaynny Vicente 0 x 2 Eva Lee e Paula Lynn/EUA
– badminton dupla masculina: Daniel Paiola e Hugo Arthuso 0 x 2 Phillip Chew e Sattawat Pongnairat/EUA
– levantamento de peso categoria -105kg: Mateus Filipe Gregório Machado
– remo skiff individual peso leve: Fabiana Beltrame com 8min54s36
– tiro rápido 25m: Emerson Duarte
– polo aquático: Brasil por equipe

BRONZE 4
– ginástica artística salto sobre o cavalo: Caio Campos Souza com 14.925
– natação 200m costas: Leonardo de Deus
– natação 200m livres: Manuella Lyrio com 1min58s03
– natação 200m peito: Thiago Pereira

Brasil com medalha de prata por equipe no polo aquático.

Brasil com medalha de prata por equipe no polo aquático.

Mateus Gregório festejando prata no levantamento de peso, que depois teria o ouro com Fernando Reis.

Mateus Gregório festejando prata no levantamento de peso, que depois teria o ouro com Fernando Reis.

Fabiana Beltrame, prata no remo.

Fabiana Beltrame, prata no remo.

Emerson Duarte garantindo medalha de prata nos 25 metros.

Emerson Duarte garantindo medalha de prata nos 25 metros.

Caio Souza, bronze no salto da ginástica.

Caio Souza, bronze no salto da ginástica.

Daniel Paiola e Hugo Arthuso, prata no badminton.

Daniel Paiola e Hugo Arthuso, prata no badminton.

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018