Pai de Machida no Sul-americano de Karatê em Barueri

setembro 08
16:30 2015

Duas semanas atrás e quem tomava conta do poliesportivo José Corrêa era o NBA 3×3 com presença marcante das dançarina Brooklynettes, do mascote do Indiana Pacers e do ídolo Robert Horry. No último fim de semana, o ginásio foi tomado pelo Cross Fit, torneio extremo e que reuniu atletas fora de série, pessoal de força além do limite e em desafios descomunais.

E no fim de semana que vem o Zé Corrêa fica para as artes marciais com o Sul-americano de Karatê. Entre os convidados ilustres, presença confirmada do mestre Yochizo Machida, pai do UFC Lyoto. O mestre é presidente da Associação Japonesa de Karatê, e formará tribuna de honra com o mestre Mitsuo Inoue, da Organização Sul-americana de Karatê  Shotokan, entre outras autoridades das artes marciais japonesas.

Segundo a jornalista Suseli Honório, do Grêmio Recreativo Barueri, oito países estão confirmados para o tatame no Zé Corrêa e o karatê do Brasil encara Argentina, Bolívia, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai, além de três países convidados – Estados Unidos, Canadá e Panamá. A delegação brasileira conta 120 competidores partindo das categorias menores até as avançadas.

09. Mestre MachidaMestre Machida tem 69 anos, é brasileiro naturalizado e chegou no País em 1968, e há 30 segue ensinando karatê no Pará. Ele é faixa-preta 7º grau e também é faixa-preta de aikido, 3º grau.

Nascido em Ibaraki, mestre Machida teve o karatê forjado na famosa ilha de Okinawa, de lendárias histórias. Ali, quando era um rapaz de apenas 19 anos, venceu todo mundo e ganhou fama como campeão. E ser campeão é Okinawa significa ser de fato um campeão, pois ali só tem os melhores.

Em 1988 ele fundou a Confederação Brasileira de Karatê Tradicional, separando-se da Confederação Brasileira de Karatê. Por ter uma base filosófica enraizada na origem, então ele decidiu formar a própria organização visando manter as tradições.

Mas tem novidade aí, pois com o tempo chegou o filho Lyoto, que se consagraria num karateca de sucesso e, mais que isso, um dos ídolos do MMA. Mestre Machida passou a cuidar dos treinos do filho e, diante das adaptações necessárias para o crescimento do filho nas lutas mistas, o mestre acabou desenvolvendo uma técnica híbrida do karatê e, assim, deu forma oficial ao que chama de Karatê Machida, um estilo próprio. (Márcio Silvio)

NOTINHAS
– o GRB tem 9 karatecas entre os 120 brasileiros, sendo que cinco entram na categoria juvenil e os demais na categoria adulto.
– o Sul-americano começa sábado, 12, sendo que a cerimônia de abertura será às 14h de domingo. No total são 11 países rumando para Barueri.
– a Federação Paulista de karatê-do organiza o evento que tem mais de 600 atletas inscritos.– o karatê tem distinções de estilos, e esse Sul-americano é da família shotokan.

09. Mestre Machida e Lyoto 1 09. Mestre Machida e Lyoto 2 09. Mestre Machida e Lyoto 3

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018