OSASCO: Secretaria de Esportes fecha o ano sob intervenção

 Extra!
OSASCO: Secretaria de Esportes fecha o ano sob intervenção
dezembro 05
17:01 2017

Nada de contratações e nenhuma ação fora do controle do Ministério Público. A Secretaria de Esportes de Osasco fecha o ano sob intervenção e sendo escancarada com o MP vasculhando todas gavetas por conta de denúncias de corrupção. Por consequência, a Serel fecha 2017 na coleira e com a corda bem curta.

Quando assumiu a pasta, naturalmente que Delbio Teruel não esperava por isso. Mas logo foi avisado que teria que andar sobre brasas. Mas qual a dívida de Teruel com o Ministério Público? Nenhuma. No entanto, ele entra de graça nesse furacão e paga por uma situação da qual não tem nada a ver.

Enfim, por que o MP está sobre a secretaria? Por causa da gestão anterior, quando o prefeito era Jorge Lapas e Tinha di Ferreira era o secretário de Esportes. Toda investigação feita pelo Ministério Público restringe-se à administração anterior. No entanto, o secretário de agora sofre as consequências porque passou o ano acorrentado, sem nenhum poder de decisão.

Mas ainda assim, com o que pôde a Serel conseguiu mandar Osasco para os Jogos Regionais e também para os Abertos do Interior. No geral, todas modalidades cumprem o ano com muita dependência dos pais dos atletas como patrocinadores, todos apostando que no ano que vem a secretaria tenha liberdade e volte a abrir as asas.

 

NOTINHAS
– só para lembrar que amanhã é dia 6 e que nesse dia, ano passado, a operação Caça-Fantasmas baixou na Câmara de Osasco e prendeu 11 vereadores.
– e sobre o MP na Serel, até agora nenhuma informação sobre as denúncias de irregularidades da gestão Tinha di Ferreira.

Compartilhar

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio