Lava-Jato atinge Arena das Dunas e Fonte Nova

 Extra!
Abril 01
02:52 2015

Um dos palcos levantados pela milionária Copa do Mundo no Brasil, a Arena das Dunas entra na lista de ‘consequências’ por pertencer ao Grupo OAS, que está na mira da megaoperação. A Arena das Dunas fica em Natal, Rio Grande do Norte, sendo que a OAS também tem parte na Arena Fonte Nova, em Salvador, Bahia.

A Copa do Mundo mandou jogos nos dois locais, e a Arena das Dunas foi levantada ao custo de R$423 milhões, para R$698 milhões da Fonte Nova.

A OAS está arrolada na Operação Lava-Jato e, portanto, sob investigação. Entre outras medidas defensivas, a empresa coloca a Arena das Dunas à venda. Quanto à Fonte Nova, a OAS coloca 50 por cento dos ativos à venda.

Outras participações da OAS estão à venda, pois a organização precisa tem dívidas de R$7,9 bilhões. E como está em processo de investigação, a empresa encontra-se impedida diante das instituições financeiras.

Fábio Yonamine é o presidente da OAS, falou dessa situação que vem restringindo recursos pra manutenção das obras. Ao entrar com pedido de Recuperação Judicial de nove empresas, a OAS busca um atalho jurídico com o objetivo de renegociar dívidas com credores e fornecedores.

A Arena das Dunas, construída especialmente pra Copa do Mundo, foi inaugurada em janeiro do ano passado. Lembrando que o estádio é o único empreendimento que não é 100 por cento público.

Outra informação necessária é que a Arena não sofre nada com essa questão da OAS. Mauro Araújo é diretor do Consórcio Arena das Dunas e garante que o estádio está financeiramente independente. “A Arena não precisa de nenhum aporte da construtora”, sentenciou. (Márcio Silvio)

31. Arena das Dunas 2

Sobre o Autor

admin

admin