Grêmio Osasco guinda técnico da 2ª divisão para a A3

 Extra!
Grêmio Osasco guinda técnico da 2ª divisão para a A3
novembro 10
16:44 2017

O Osasco Futebol Clube fez uma 2ª divisão muito forte mas morreu na praia do acesso. É que  a sina do também chamado Osasco Ponte Preta é permanecer na Segundona porque faz parte do planejamento orçamentário do Audax, clube que comanda todo futebol em Osasco.

O alvinegro tem projeto social que conta com importante receita dos governos estadual e federal e, portanto, permanecer na base do futebol paulista é estratégia para manter essa rica fonte de recursos.´Mas esse não é o assunto aqui. A notícia tem a ver com o grupo Audax que decidiu valorizar o trabalho do técnico Vítor Mosca no comando do Osasco Ponte Preta na 2ª divisão, guindando-o para a série A3 que começa em janeiro.

Isso mesmo, Mosca assume o Grêmio Esportivo Osasco e com a responsabilidade de resgatar a moral do GEO no campeonato, já que a campanha deste ano foi humilhante – por pouco não caiu para a 2ª divisão. Lembrando que o próprio Audax teve um 2017 lá embaixo, culminando com o rebaixamento à série A2.

Vítor Mosca é de Sorocaba e parte para esse desafio mais pegado que é a A3. Por outro lado, essa mexida interna mostra que a diretoria do Audax segue com a política de contenção – promovendo um treinador da casa, naturalmente que o clube economiza.

Quanto ao campeonato, a série A3 começa em 17 de janeiro com 20 equipes e com 19 jogos na 1ª fase, sendo que os clubes estão atentos porque a temporada anuncia que serão seis rebaixados.

Da 1ª fase saem oito equipes para as quartas de final e em jogos de ida e volta; daí se classificam os semifinalistas e, seguindo a regra tradicional, os dois que disputarão o título.

O Grêmio Esportivo Osasco entra em cena com Noroeste de Bauru, Matonense, São Carlos, Portuguesa Santista, Atibaia, Desportivo de Porto Feliz, Taboão da Serra, Monte Azul, Rio Branco de Americana, Olímpia, Velo Clube de Rio Claro, Capivariano, Rio Preto, Barretos, Mogi Mirim, União Barbarense, São Bernardo e Manthiqueira de Guaratinguetá.

Na A3 deste ano o GEO foi eliminado na 1ª fase e terminou em 13º lugar com 25 pontos. O Comercial de Ribeirão Preto foi a 6ª equipe rebaixada na temporada, 15º lugar com 25 pontos – mesma pontuação do GEO. O time de Osasco se safou do rebaixamento nos critérios de desempate. Sufoco!

Já o alvinegro comandado por Vítor Mosca na 2ª divisão, cumpriu a 1ª fase no grupo 3 e se classificou em 3º lugar com 24 pontos, atrás do São Bernardo com 29 e do Primavera com 30. Na 2ª fase o Osasco Ponte Preta formou no grupo 5 e se classificou na liderança com 13 pontos.

Então vem o mata-mata das quartas de final e o alvinegro vence o duelo contra o Mauaense e, assim, festeja classificação às semifinais. O pega foi contra o São Bernardo, com a equipe do ABC levando a melhor e ficando com o acesso à A3 do ano que vem.

 

Compartilhar

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

CONTAGEM PARA 2018