Grêmio Barueri nem estreia e já dá vexame

 Extra!
Janeiro 30
19:13 2016

O Grêmio Barueri jogou a toalha na 1ª rodada da série A3 do Campeonato Paulista e não estreia amanhã contra o Primavera de Indaiatuba. O jogo seria na Arena Barueri, 16h, mas acontece que a Abelha não pode usar o estádio por conta de briga com a prefeitura. Sem mando de jogo e sem condições de alugar outro campo para cumprir o compromisso de amanhã, notificou a Federação Paulista de Futebol da desistência nessa rodada inicial.

Agora, também pode ser uma desistência de fato, com o time deixando mesmo de disputar a temporada. Mas tudo é mistério no Grêmio Barueri. Nenhuma divulgação, nenhuma notinha. No ano passado a diretoria do Grêrmio Barueri terminou a temporada em confrronto direto com a prefeitura. E como a corda arrebenta sempre do lado fraco, a Abelha acabou pagando o pato porque a prefeitura cortou os jogos na Arena. Com isso, o time transformou-se num sem-campo e precisando se virar para arrumar locais neutros para os jogos como mandante.

Além disso, problemas financeiros, baixaria entre presidente que sai e outro que chega, boicote de jogadores, protestos… Foi mesmo um ano tenso e lamentável para o Grêmio Barueri, mas que teve sorte de continuar na A3 e não cair no rebaixamento. Agora inicia 2016 já pisando na bola e o Primavera de Indaiatuba agradece porque ganha três pontinhos sem nenhuma gota de suor

E tem mais: parece que o Grêmio Barueri foi expulso até do Centro de Treinamento da Vila Porto (acima), único espaço até então cedido pela prefeitura. A rixa foi tanta que o clube acabou cem por cento ilhado dos próprios municipais. Como a Abelha não tem dinheiro para pagar o uso, fica sem eira e nem beira. Única notícia (não oficial) sobre essa situação é que a ajuda poderia partir de Cotia – cedendo CT e campo. (Márcio Silvio)

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018