Gabi Nunes quer título brasileiro e a seleção olímpica

 Extra!
Janeiro 28
17:47 2016

Na temporada passada do Campeonato Brasileiro era foi a vice-artilheira com 12 gols em catorze jogos pelo Adeco. É a terceira temporada dela como jogadora profissional, e agora iniciando com a camisa do Corinthians Audax. Fã de Messi e de Neymar, passou a tomar gosto pelo futebol ao ver o irmão dela já nas quatro linhas. “Meu irmão é profissional de futebol (Roberto Júnior atuou na Polônia) e eu gostava de vê-lo treinando”, revela Gabi, que teve primeiro contato com o esporte aos 7 aninhos e no futsal.

Por fechar 2015 como vice-artilheira, a jogadora não se faz de modesta e afirma que já poderia estar sendo vista pela seleção olímpica. Por outro lado, reconhece que é muito nova no futebol e que precisa de humildade. “Tenho muita coisa a melhorar.” Mas ela já sabe o que é vestir a camisa da seleção, pois no ano passado disputou o Sul-americano Sub 20. Por isso a atacante não choraminga por entender que está no caminho.

Outra coisa que Gabi Nunes lamenta é ainda não ser campeã de nada. Com o Adeco chegou bem perto mas não levou nem o Paulista e nem o Brasileiro. “Mas com calma, treinando, eu sei que uma hora vai sair”. Gabi Nunes tem 1,70m de altura e com 18 anos.

Ontem foi a estreia do Corinthians Audax no Brasileirão e lá estava Gabi dando trabalho para a marcação do Rio Preto, jogo sob chuva intensa no estádio do Rochdale. A atacante não marcou, mas festejou a vitória po 2 a 1 e de virada. Mas foi o Jacaré que abriu o marcador logo aos 4 minutos com Milene. A reação corintiana seria no 2º tempo com Byanca Brasil. O técnico Arthur Elias mostrou faro ao tirar a jovem Gabi Nunes e mandar Byanca para o lugar. E não demorou muito para o time da Capital virar a parada com Fran.

Sempre na humildade, Gabi Nunes encarou de boa a mexida do treinador e entende que está lá para ajudar a equipe. Ao apito final do jogo ela foi comemorar com as colegas que, no centro do Rochdalão, se perfilaram para saudar a torcida que desafiou o tempo ruim para apoiá-las na estreia em Osasco. (Márcio Silvio)

28. Gabi Nunes 2

 

 

 

Sobre o Autor

admin

admin