Despedido de Barueri, Wellington Cipó é prata em Roraima

julho 10
18:20 2015

Na última lista dos principais atletas de corrida, o pernambucano Wellington Bezerra, o Cipó, encabeça a classificação da Confederação Brasileira de Atletismo. Por ironia, enquanto ele comemorava o resultado, ouvia da prefeitura de Barueri que não havia mais lugar para ele no quadro esportivo.

Assim como vários colegas do Grêmio Recreativo Barueri, Cipó esvaziou o armário, pegou as coisas e partiu. A prefeitura acabou com todas as modalidades de alta competição, mandou muita gente para a boca do desespero, e Cipó faz parte desse contingente demitido sumariamente por Barueri.

Apesar de passar por esse momento dramático, sem clube e sem patrocínio, o ex-barueriense segue treinando por conta e fazendo o impossível para se manter na ativa. Está difícil, são provas distantes e que exigem custos. Enquanto tinha Barueri por trás, era só treinar e manter os resultados. Agora que está só, além de treinar ele precisa correr em busca de ajuda ali e acolá.

Não está fácil para Cipó, mas ainda assim não continua sendo fácil para os adversários dele. No feriado de ontem ele estava em ação, sabe-se lá como, mas enfrentou os 30 graus na XV Corrida Internacional 9 de Julho em Boa Vista, Roraima. “Prova muito disputada e perdi para um atleta da Tanzânia”, conta o corredor.

Medalha de prata, Cipó foi o melhor brasileiro classificado e sobrou aplausos para o moço. Feliz da vida, ele volta para São Paulo com o dever cumprido e, o mais importante para ele, mantendo o nível competitivo internacional. Por outro lado, ao olhar para o calendário ele se entristece porque não sabe até onde terá gás para correr por conta.

O atletismo de alto rendimento exige muita disciplina, treinos intenso e concentração máxima. Verdade que isso é regra geral para todas modalidades. Mas se o atleta não está seguro profissionalmente, essas questões tornam-se um desafio assustador. É o caso de Cipó, agora precisando ir à luta por conta do rodo que tomou da prefeitura de Barueri. (Márcio Silvio)

Medalha de prata, foi o brasileiro melhor colocado na Prova Internacional 9 de Julho em Boa Vista.

Foi o brasileiro melhor colocado na Prova Internacional 9 de Julho, em Boa Vista.

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018