Cotia FC bebe o cálice da amargura

 Extra!
Abril 16
23:25 2015

Problemas não faltam para o Cotia FC, expulso da série A3 do Campeonato Paulista e, por consequência, rebaixado da forma mais humilhante possível à 2ª divisão.

Tudo começou com total falta de planejamento e de estrutura, pois o time se lançou na temporada sem estádio – a prefeitura não deu conta das reformas necessárias.

Com o estádio interditado, Cotia transformou-se num time nômade, mandando jogos em campos emprestados. Mas esse problemão se transformaria em apenas mais um no furacão que se agigantava.

Se de um lado a diretoria não contou com o braço forte municipal, por outro lado também não contou com mais nada em termos de investimentos privados, e o resultado está na folha de dívidas que hoje passam dos 800 mil reais. Os jogadores não sabem o que é salário há dois meses, e o mais notável é que não há expectativa alguma de acerto.

Fora da A3, obviamente que Cotia não disputa a última rodada. Estaria em campo não fosse toda essa patetagem administrativa, enfrentaria a Inter de Limeira.

No entanto, para um time que já deu dois WO na 1ª fase, mais uma ausência já não incomoda. Assim, Cotia FC fora de jogo pela terceira vez – mas não por WO, mas por estar sumariamente expulso pela Federação Paulista.

Ao ver a classificação, o torcedor localiza o time em 14º lugar com 24 pontos em 18 jogos. É que a FPF ainda não sabe o que fazer com essa situação – se tirar os pontos, como serão creditados aos clubes?

No mais, a federação deve esperar a definição da 1ª fase para fechar de vez essa novela. No entanto, apesar de 14º colocado, Cotia já está rebaixado.

Essa situação deve beneficiar o Grêmio Barueri, atualmente 17º colocado e com 19 pontos, mas abrindo a zona da degola. Com o time vizinho caindo para o poço do rebaixamento, pode ser a escadinha para Barueri se safar.

Por isso, a Abelha vai com tudo e mais pouco na última rodada, pois sabe que a vitória pode ser a garantia de salvação somada ao rebaixamento de Cotia.

Francana e Santacruzense já está degolados da A3, e com a cabeça de Cotia a briga pela última cova fica entre Tupã (18 pontos) e Grêmio Barueri.

A equipe da região tem grandes chances de se safar, pois na rodada final joga em casa, na imponente Arena Barueri e justamente contra a lanterninha Francana.

Para ajudar, o concorrente direto de Barueri tem parada dura – Tupã joga em Sertãozinho e contra um adversário que não vai facilitar em casa, ainda que sem chances de classificação.

Fechando o assunto sobre a exclusão do Cotia FC: primeiro é porque ficou sem estádio, segundo porque pisou na bola com dois WO e sem dar satisfações à FPF. (Márcio Silvio)

ZONA DE CLASSIFICAÇÃO
1º Juventus 38 pontos
2º Taubaté 31
3º Votuporanguense 31
4º Primavera 30
5º Barretos 30
6º Atibaia 29
7º Inter de Limeira 29
8º Grêmio Osasco 28
ZONA INTERMEDIÁRIA
9º Nacional 28 pontos
10º São José FC 28
11º São José EC 28
12º Sertãozinho 24
13º Flamengo 24
14º Cotia 21
15º Itapirense 20
16º Rio Preto 19
ZONA DE REBAIXAMENTO
17º Grêmio Barueri 19 pontos
18º Tupã 18
19º Santacruzense 13
20º Francana 6

19ª E ÚLTIMA RODADA DA 1ª FASE
– domingo, 10h
Grêmio Barueri x Francana
Grêmio Osasco x Primavera
Votuporanguense x São José EC
São José FC x Juventus
Taubaté x Nacional
Sertãozinho x Tupã
Itapirense x Santacruzense
Flamengo x Atibaia
Rio Preto x Barretos

Todo pepino começo aqui, na falta de estrutura do estádio Euclides de Almeida.

Rolo começou aqui – falta de estrutura do Euclides de Almeida.

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018