QG Notícias

Como pode? Artilheiro do Audax vai de graça ao Santos

 Extra!
abril 16
14:35 2015

Contratado por três temporadas pelo Santos, o artilheiro do Audax é um verdadeiro negócio da China para o Campeonato Brasileiro. O atacante Rafael Longuine fez sucesso como goleador do Audax e agora colhe os frutos do bom trabalho no Campeonato Paulista.

Mas o que chama atenção nessa transação é a notícia de que nenhum centavo entra no cofre do Osasco Audax. Ou seja, a diretoria marcou touca nessa babada e deixa de faturar uma graninha.

O Santos agradece a pipocagem osasquense e já está com Longuine devidamente fechado e com bons projetos com a camisa do Peixe. Como pode? Bem, natural de Paranavaí/PR, Longuine estava no futebol austríaco e quando retornou para o futebol brasileiro, passou pelo Rio Branco de Americana antes de acertar com Osasco.

Logo começou a se destacar na área e quando o time foi eliminado do Paulistão, o atacante era um dos principais artilheiros do campeonato com 8 gols em 15 jogos.

Desde março que a diretoria santista estava de olho no jogador, inclusive o QG Notícias chegou a tratar disso, mas ainda assim a diretoria audaxiana não prestou atenção e não se cuidou.

Alguns torcedores não sabem, mas Rafael Longuine fez testes e foi reprovado por Corinthians, São Paulo, Fluminense e Grêmio – para citar alguns dos grandes clubes do País.

Além de goleador de apresentar um futebol dentro do conceito moderno de jogo, onde um meia atua como atacante nato, Rafinha foi assediado pelos santistas também por outro motivo – situação contratual.

A diretoria do Osasco Audax fez um combinado com o atleta e que vale até o próximo dia 30. No entanto, o mais notável é que Longuine não tem nenhum rabisco financeiro com o clube, ou seja, é 100% dono dos próprios direitos.

Se para o Audax essa transação é um zero à esquerda, para Rafinha é um baita negócio, já que ele próprio trata com a diretoria da Vila Belmiro. E onde é que a diretoria osasquense marcou bobeira, engolindo a saída de Longuine a custo zero? O natural é que o clube valorize o atleta e vá negociando um pré-contrato.

A assinatura de Longuine com o Audax vai até o final deste mês. Mas vendo o crescimento fantástico do artilheiro e até mesmo sabendo do interesse direto do Santos, a diretoria não se preocupou por um pré-contrato.

Esse documento, ainda que não garanta o atleta, ao menos seria um vínculo com o clube e colocaria Osasco nas negociações. Mas não. Rafael Longuine é dono absoluto das chuteiras e pode negociar livremente no mercado sem precisar pagar qualquer tipo de rescisão.

O torcedor pode perguntar qual a importância dessa questão? De fato, isso não tem nenhum peso de informação ou de utilidade pública, apenas mostra como os dirigentes do Audax trabalham. (Márcio Silvio)

16. Rafael Longuine

Sobre o Autor

admin

admin