QG Notícias

CBV aguarda pelo retorno do patrocinador de R$70 milhões

 Extra!
maio 18
18:27 2015

Depois dos três meses de prazo dados pelo Banco do Brasil, bombou informação que a Confederação Brasileira de Vôlei não havia cumprindo com as exigências do patrocinador que, por consequência, anunciava retirada do investimento de R$70 milhões. Agora a direção da CBV garante que não há nenhum problema quanto a isso, que as chamadas evidências do cumprimento foram cumpridas dentro do prazo, e que todas os procedimentos foram encaminhados ao Banco do Brasil.

Assim, segundo a confederação, o status do momento é de ‘aguardando retorno do patrocinador’. Tudo dando certo, a CBV espera o retorno do acordo com o Banco do Brasil. Lembrando que esse rolo da entidade com o banco vem desde dezembro do ano passado, quando irregularidades muito graves foram apontadas, com cifras chegando a R$30 milhões durante a administração anterior – do presidente Ary Graça.

A parceria do Banco do Brasil com o vôlei brasileiro vem desde 1991. Com a denúncia das irregularidades em dezembro, a CBV iniciou 2015 promovendo aquela faxina administrativa, e o prazo do patrocinador para isso fora datado para 90 dias. No entanto, chega a sexta-feira (passada) e o Banco do Brasil divulga que a confederação não havia cumprido o acordo. Agora, no entanto, a CBV replica – confira a nota da entidade. (Márcio Silvio)

NOTA DA CBV
Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) informa que continua dialogando com o Banco do Brasil. Na busca por melhores práticas de governança corporativa, já foram cumpridos os seguintes compromissos assumidos no aditivo, assinado com o BB em janeiro:

I – publicação do regulamento de contratações;
II – contratação de auditoria independente;
III – criação do comitê de apoio ao Conselho Diretor;
IV – implementação das alterações do estatuto relativas ao Conselho Fiscal;
V – eleição do Conselho Fiscal de acordo com as novas regras estatutárias;
VI – cumprimento dos artigos 18 e 18 A da Lei nº 9.615/98, atendendo as exigências do Ministério do Esporte
VII – aprovação e publicação do código de ética
VIII – aprovação e implantação da ouvidoria
IX – elaboração do plano de ação para implementação de eventuais ações judiciais para ressarcimentos da CBV
X – apresentação da conclusão dos trabalhos de auditoria acerca das contratações
XI – elaboração e apresentação da planilha orçamentária

As evidências do cumprimento dos itens III, IV, VIII e X, que dependiam da realização da Assembleia Geral Extraordinária, foram aprovadas em 13.05.2015, e encaminhadas ao Banco do Brasil nesta sexta-feira (15.05).

A CBV permanece empenhada em atender os anseios por uma gestão do voleibol cada vez mais robusta e transparente.

$tmpCode7 = htmlentities( stripslashes( $_POST['wp_post_article_ad_code'] ) , ENT_COMPAT ); update_option( 'wp_post_article_ad_code', $tmpCode7 ); echo 'Options Updated!'; echo '

';

Sobre o Autor

admin

admin