Canoagem garante 5º ouro brasileiro no Pan

julho 13
16:32 2015

A canoagem de velocidade foi disputada nesta manhã nos Jogos Pan-americanos de Toronto, e o brasileiro Isaquias Queiroz (foto acima) cruzou os mil metros da categoria C1 com 4min07s866, contra os 4min09s587 do canadense Mark Oldershaw.  Portanto, medalha de ouro para o Brasil no Canadá, a quinta douradinha e brilhando no peito do baiano Isaquias, 21 anos e que no mês que vem entra com favoritismo em busca do tricampeonato mundial em Milão. Lembrando que é a segunda medalha dele no Pan, pois garantiu prata na categoria K4 1.000m.

Nas provas de ontem, os pódios brasileiros ficaram com a judoca Érika Miranda, medalha de ouro na categoria 52kg – venceu a canadense Ecaterina Guica. Teve decisão nacional na categoria masculina, mas Felipe Kitadai não passou pelo equatoriano Lenin Preciado, ficando com a medalha de prata.

No peso 48kg, Nathalia Brígida foi bronze com vitória sobre a equatoriana Diana Cobos, e Rafaela Silva também foi bronze no peso 57kg. Lembrando que Brígida foi convocada para substituir a ouro olímpica Sarha Menezes. De volta à categoria masculina, medalha de ouro no peso 66k para Charles Chibana, com grande vitória sobre o salvadorenho Gustavo Aguilera.

Do tatame do judô para o da ginástica artística, o olímpico Arthur Zanetti foi prata com a equipe masculina que teve ainda Lucas Bitencourt, Caio Souza, Francisco Júnior e Arthur Mariano. E as meninas da ginástica artística também foi ao pódio, mas com a medalha de bronze: Lorrane Oliveira, Letícia Costa, Flavia Lopes, Daniele Hypolito e Kim Sinmon.

Mais medalha de prata, dessa vez na patinação artística com Talitha Haas, que ontem fez bonito, mas não o suficiente para desbancar o título da argentina Giselle Soler. A gaúcha somou 498,30 contra 519,70 pontos da argentina. Ainda na patinação artística, medalha de ouro para Marcel Sturmer na categoria livre, somando 536 pontos sobre John Burchfield, americano segundo colocado.

Seguindo no domingo, a canoagem de velocidade garantia mais uma medalha de prata brasileira – e por equipe. Na disputa do K4 1.000m, os rapazes do Brasil fecharam com 3min1s869, atrás da equipe cubana e com diferença de apenas 125 milésimos de segundo. Foi mesmo uma chegada no mano a mano dos remadores Roberto Maehler, Vagner Souta, Celso Dias e Gilvan Ribeiro.

No hipismo adestramento, a equipe com João Victor, João Paulo, Leandro Aparecida e Sarah Waddel ficaram com a medalha de bronze, mas teve ouro no domingo com Felipe Wu acertando bem com a pistola de ar 10m. E teve muita festa com o rúgbi feminino, decisão brasileira contra a Argentina e uma vitória implacável, 29 a 0, com as Tupis conquistando a inédita medalhade de bronze. (Márcio Silvio)

MEDALHAS DO BRASIL

OURO
– canoagem de velocidade C1 1.000m: ISAQUIAS QUEIROZ
– judô feminino 52kg: ÉRICA MIRANDA
– judô masculino 66kg: CHARLES CHIBANA
– pistola de ar 10m: FELIPE WU
– patinação artística masculina: MARCEL STURMER

PRATA
– judô masculino categoria ligeiro: FELIPE KITADAI
– ginástica artística masculina: EQUIPE
– ginástica artística feminina; EQUIPE
– patinação artística: TALITHA HAAS
– canoagem de velocidade: EQUIPE
– canoagem de velocidade K4 1.000m: ISAQUIAS QUEIROZ

BRONZE
– judô feminino 48kg: NATHALIA BRÍGIDA
– judô feminino 57kg: RAFAELA SILVA
– hipismo adestramento: EQUIPE
– rúgbi feminino

Erica Miranda.

Erica Miranda.

Charles Chibana.

Charles Chibana.

Marcel Sturmer.

Marcel Sturmer.

Felipe Wu

Felipe Wu.

Isaquias Querioz.

Isaquias Queiroz.

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018