Zé Bonitinho, o perigote das mulheres

 Extra!
Março 26
16:13 2015

Lá se vai mais um ícone da nosso humor. Desde o último dia 3 ele estava internado no hospital São Lucas, em Copacabana, vindo a falecer às 5h desta manhã por falência múltipla de órgãos.

O humorista e advogado Jorge Loredo, 89 anos, consagrou o Zé Bonitinho, uma figura espetacular que reinou por décadas, desde os anos 60.

Visual com cores fortes, um topete que colocava o de Elvis Presley no bolso e, naturalmente, um carisma incrível enquanto conquistador nato de mulheres.

Zé Bonitinho tinha falas nada egoicas como “O chato não é ser bonito, o chato é ser gostoso”, além de “Hello, mulheres do meu Brasil varonil”. Por fim, tem aquela outra máxima do galã: “Zé Bonitinho, o perigote das mulheres”.

O reinado de Zé Bonitinho seguiu até 2010, cinquenta anos de risos, portanto. Enquanto ator, tem várias participações no cinema.

Quando adolescente, Jorge Loredo convivia com osteomielite na perna esquerda, ficando livre desse mal somente quando tinha 46 anos.

Mas ainda teve problemas pulmonares, chegando a ser internado com turberculose. Naturalmente, pagando preço de ser fumante – e alimentou esse vício dos 12 aos 80 anos. (Márcio Silvio)

26. Zé Bonitinho1

Jorge Loredo nasceu em maio de 1925, e leva Zé Bonitinho aos 89 anos.

Sobre o Autor

admin

admin