QG Notícias

VIOLÊNCIA: bairros da zona Sul de Osasco registram mais ocorrências

 Extra!
VIOLÊNCIA: bairros da zona Sul de Osasco registram mais ocorrências
junho 12
17:46 2017

Imagine um mapa e que do centro desse mapa uma mancha vermelha vai surgindo e crescendo sem pausa. Esse é o quadro da violência em Osasco, numa ascendência extrema e imbatível.

As estatísticas da polícia apontam ocorrências em maior escala na zona sul. Sem contar a região central o bicho está pegando no Km 18, Jardim das Flores, Vila Osasco, Jardim D´Abril, Jardim Veloso, mais Quitaúna e Pestana. O tranquilo bairro de Presidente Atino também não está para brincadeira, sendo que na zona Norte entram no mapa o Jardim Umuarama, mais Rochdale, Helena Maria e Jardim Mutinga.

As ocorrências policiais estão aí e não deixam dúvidas. O cidadão em Osasco está sendo vítima ao ir para o trabalho quando no ponto de ônibus, ou então quando chega em casa e está estacionando o carro na garagem.

Na maioria dos casos os bandidos surgem em motos. O piloto faz papel de piloto de fuga enquanto o garupa é o agente com arma em punho e disposto a tudo. Nessa rotina os bandidos roubam o que podem, com destaque para celulares.

Se a vítima tem mais coisas à disposição, naturalmente que os marginais não fazem média e levam também – carteira, bolsa ou mochila, relógio… E quando não, eles aparecem em maior número para arrastões em bares. O grau de brutalidade é tamanho e toda a vítima fica mesmo à mercê da morte.

Agora está sendo anunciado um patrulhamento ostensivo na cidade e até com forças da Rota, pois a liberdade da bandidagem em Osasco é de assustar e isso coloca a cidade no top 20 das mais violentas do Brasil e entre as dez mais barras pesadas de São Paulo.

No ano passado e por conta da chacina que matou 18 pessoas em agosto, Osasco disparou no ranking da violência na região metropoliana, 4º lugar atrás de Franco da Rocha, Itapevi e Jandira. Em abril deste ano, lembrando, teve outra ocorrência de chacina em Osasco, dessa vez com quatro mortos.

 

Compartilhar

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio