VÍDEO DA HORA: alunos da Fatec Osasco inventam arma letal contra a dengue e Eletropaulo já se interessa

 Extra!
VÍDEO DA HORA: alunos da Fatec Osasco inventam arma letal contra a dengue e Eletropaulo já se interessa
outubro 23
15:58 2017

Aquelas placas de energia solar (fotovoltaicas) foram a base das pesquisas deles. Evandro José de Oliveira, Davidson Santos da Silva e Welton Barreto da Silva são alunos da Fatec Osasco e tinham como objetivo desenvolver um mecanismo letal contra o Aedes Aegipty, o mosquito transmissor da denge. E após muitos estudos e testes, os três comemoram o sucesso apresentando um dispositivo que pode mesmo fazer a diferença.

Usando a mesma tecnologia das placas fotovoltaicas, eles acoplaram bombinhas a um flutuador cuja ação impede que a água fique parada. Sabe-se que o mosquito faz o bercinho nesse tipo de cenário. E qual o lance da placa? Como se trata de uma aparelho que capta energia solar, significa que o funcionamento é constante inclusive à noite. Isso significa que o dispositivo está sempre em movimento e impedindo que o mosquito hospede-se.

Os três acreditam que essa arma letal pode ser utilizada em lagos e espelhos d´água públicos. Eles contaram com suporte do Instituto Butantan e as pesquisas tiveram como fundo os estudos de um indiano para o combate contra a malária.

Eles batizaram o invento de Flutuador Autônomo de Larvas do Aedes Aegipty e os testes já foram aprovados pela Eletropaulo, por exemplo, que pretende usar largamente o aparelho. Evandro, Davidson e Welton trabalharam sob orientação do professor Carlos Alberto de Freitas, que disse que o dispositivo é realmente letal para as larvas. O invento concorre a prêmio na 11ª Feira Tecnológica do Centro Paula Souza.

 

 

 

 

Compartilhar

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

CONTAGEM PARA 2018