Universidades demitindo professores em larga escala

 Extra!
Universidades demitindo professores em larga escala
dezembro 21
19:40 2017

A tradicional Universidade Metodista, no Grande ABC, demitiu 50 professores sob alegação de corte de custos; já a Estácio de Sá anuncia 1.200 demissões em todo País, ação que gera recursos na Justiça; bem antes, em julho, as Faculdades Metropolitanas Unidas mandaram embora 220 professores. E agora tem a Anhembi Morumbi despedindo 150 docentes.

Portanto, um fim de ano turbulento para muitos profissionais da educação e que também coloca a política educacional em discussão – não apenas professores estão sendo despedidos, mas também diretores e coordenadores.

Os sindicatos avaliam essa situação sob duas razões – corte de gastos e reforma curricular. Seja como for, quem paga é o profissional que, apesar de toda qualificação e empenho, segue como peça descartável.

Se alguém perguntar sobre a posição do Ministério da Educação quanto a isso, ouve que o MEC não tem nada a ver com as instituições públicas ou não, pois todas têm autonomia trabalhista. Portanto, tudo normal….

 

 

Compartilhar

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio